23.08.2017 / Arte / por

Estampas em tecido assinadas por Picasso, Calder e Hepworth em nova exposição em Londres

Pintura de Alexander Calder para Ascher Ltd./Reprodução
Pintura de Alexander Calder para Ascher Ltd./Reprodução

No pós-guerra do século 20, tecidos diversos, da seda ao rayon, serviram como material de experimentação artística com texturas e cores para nomes como Alexander Calder, Barbara Hepworth, Henry Moore, Zandra Rhodes, Henri Matisse e Pablo Picasso. Uma coleção de tecidos raros criados em edição limitada por esses artistas (e outros mais) será exposta na Gallery 8, em Londres, celebrando a revolucionária intersecção entre fabricantes têxteis e artistas modernos, que molda a moda e o design de interiores ainda hoje.

Pintura de Pablo Picasso em algodão
Pintura de Pablo Picasso em algodão

Com o intuito de trazer uma nova dinâmica aos negócios, a Ascher Ltd., empresa têxtil londrina que fabricava tecidos para couturiers como Dior, Balenciaga, Lanvin e Schiaparelli, foi uma das primeiras a fazer essas parcerias encomendando estampas pintadas à mão para venda de tecidos e até mesmo desenvolvendo uma linha própria de echarpes pintadas que foi febre nos anos 1940 e 50 e hoje são itens de colecionador – uma delas, com pintura de Alexander Calder, foi vendida por mais 10.000,00 libras em leilão alguns anos atrás. Na mostra Styled by Design, os visitantes poderão ver alguns desses trabalhos comissionados pela Ascher, a maioria deles feita em serigrafia, além dos jacquards em algodão feitos nos anos 1950 e 60 por Alan Reynolds e William Scott para a Edinburgh Weavers e outros trabalhos encomendados por Arthur Anderson e David Whitehead, além de peças autorais. A maioria dos trabalhos estará disponível para venda com valor entre 500 e 15.000 libras.

Styled by Design fica em cartaz na Gallery 8, em Londres, de 3 a 8 de outubro de 2017.


Relacionadas


Veja Também