19.01.2018 / Cinema / por

Com Leonardo DiCaprio no casting, novo filme de Quentin Tarantino é baseado nos assassinatos de Charles Manson

quentin-leo-dicaprio-abre

O novo filme de Quentin Tarantino já tem data para estreia: será em 09.08.2019, mesmo dia em que, na Los Angeles de 50 anos atrás, acontecia o assassinato da atriz e modelo Sharon Tate, esposa do cineasta Roman Polanski que estava grávida de oito meses e meio. Uma gangue de criminosos invadiu sua casa e a esfaqueou junto com os quatro amigos que a visitavam, num dos crimes mais conhecidos da história.

O nome por trás deste trágico episódio é Charles Mason, um dos mais famosos criminosos dos Estados Unidos que tinha uma seita no final da década de 1960 à qual chamava “Família Mason”. Juntos, cometeram diversos homicídios, entre eles o de Rosemary no mesmo dia (09.08.69), e seu marido, Leno Labianca, no dia seguinte. O caso ficou conhecido na mídia norte-americana como “Tate-LaBianca”. Mason foi condenado à prisão perpétua e, após 46 anos, faleceu em novembro último por causas naturais.

Os crimes causados pela Família Manson será um dos motes do nono filme de Tarantino, cujas filmagens devem começar no final deste ano. O pouco que se sabe sobre o enredo é que o longa será ambientado na Los Angeles de 1969, no auge do movimento hippie hollywoodiano. Será uma produção à la Pulp Fiction, segundo o diretor.

No que diz respeito ao casting, por enquanto o único nome confirmado é Leonardo DiCaprio –  será seu primeiro trabalho depois do Oscar que ganhou com a performance em O Regresso (2015). É a segunda vez que o ator trabalha ao lado de Tarantino; a primeira foi em Django Livre (2012).

Segundo o site Deadline, DiCaprio interpretará um ator decadente conhecido por seu programa com temática western Bounty Law, que foi exibido de 1958 a 1963. Ele tentou migrar da TV para o cinema, mas não obteve sucesso. Decidiu, então, fazer ponta em outros programas enquanto planejava ir para Itália, onde teria mais chances de estrelar um longa western de baixo orçamento.  Margot Robbie, que estrelou recentemente Eu, Tonya e O Lobo de Wall-Street (2013) ao lado de DiCaprio, deve ser quem personificará Sharon Tate. Ainda que não estejam confirmados, outros nomes em vista são Samuel L. Jackson (preferido do diretor), Brad Pitt e Jennifer Lawrence.

Esse será o primeiro filme de Tarantino que não terá distribuição da Weinstein Company, de Harvey Weinstein, após 25 anos – o porquê você já deve saber. O longa, que será o penúltimo da carreira do diretor (ele prometeu que irá se aposentar após seu décimo filme), será distribuído pela Sony.


Relacionadas


Veja Também