20.06.2016 / Moda / por

Donatella Versace diz que o calendário de moda está em ruínas e que está "de saco cheio"

Donatella Versace ©Reprodução
Donatella Versace ©Reprodução

Donatella Versace fez um desabafo sobre as mudanças no sistema de moda atual. A herdeira da marca que leva seu sobrenome declarou que está “de saco cheio” e que o calendário está “em ruínas”.

Donatella diz ser contra a unificação de desfiles femininos e masculinos. “Não acredito em mistura de gêneros”, foi sua declaração, um tanto polêmica. “Gosto de mulheres fortes e ousadas que mostram quem são através das roupas; o mesmo com os homens. Mas não dá pra traduzir isso da mesma forma para os dois”, justifica.

Ela não é a única a pensar dessa forma: Stefano Gabbana, da dupla Dolce&Gabbana, se mostrou igualmente descontente com a junção de feminino e masculino. “Não faz sentido na nossa opinião. Você precisa pensar quais compradores viriam, quais jornalistas. Vendemos muito para os homens e, para a Dolce&Gabbana, isso não funciona”, diz ele.

Grandes marcas do circuito internacional como Gucci, Burberry e Tom Ford recentemente decidiram acabar com seus desfiles de moda masculina, unificando as apresentações. Se, por um lado, para algumas marcas isso funciona, outras deixam claro que a unificação não encaixa no seu modelo de negócios.


Relacionadas


Veja Também

Assine a Newsletter do FFW

Receba semanalmente no
seu e-mail nossos conteúdos
especiais e exclusivos

×