21.08.2015 / Moda / por

Fatos curiosos que ficaram esquecidos na história da moda

Curiosidades-mundo-da-moda-audrey-hepburn-2

1 – Naomi Campbell e Kate Moss não se davam bem com Alexander McQueen no início da carreira dele. No primeiro desfile, Naomi chegou duas horas atrasada e ele a expulsou do camarim. Na prova de roupas para o primeiro desfile de McQueen na Givenchy, as duas modelos trataram McQueen como “a piece of shit”, na palavra de Simon Ungless, que trabalhou com o estilista. No dia do desfile, como vingança, Naomi, que tinha chegado bem cedo, se deparou com um look que não era o que ela havia feito a prova, e disse que aquelas não eram as suas roupas, ao que McQueen respondeu: “agora são”.

Curiosidades-mundo-da-moda-mcqueen-kate-moss-naomi-campell
©Reprodução

2 – Antes de ser diretor criativo da Lanvin, posto que assumiu em 2001, Alber Elbaz foi estilista da Yves Saint Laurent. Em 1998, quando Saint Laurent decidiu que não iria mais comandar o prêt-à-porter da grife, Alber foi chamado para o posto por Pierre Bergé. Suas coleções foram tão elogiadas que ele estava se preparando para substituir o próprio Saint Laurent quando ele se aposentasse. No entanto, isso nunca aconteceu, pois a Yves Saint Laurent foi adquirida pelo grupo PPR, grupo da Gucci, que a essa época tinha Tom Ford à frente, que passou a ser diretor criativo das duas grifes. Hoje, com a evolução do DNA das grifes, é até difícil imaginar Alber comandando a Saint Laurent.

Curiosidades-mundo-da-moda-alber-elbaz-saint-laurent
©Reprodução

3 – Em 2010, aos 16 anos, a modelo Nina Porter foi escalada para desfilar pela primeira vez para a Burberry. Ela fez três entradas, sendo que ela teria a responsabilidade de fechar o desfile, o que automaticamente a catapultou para o frisson da moda. Mas algo inesperado aconteceu: quando já estava quase deixando a passarela, Nina se desequilibrou e caiu. Quando se levantou, ainda saiu sem um dos sapatos, que voltou para pegar no chão. Segundo Cathy Horyn, o problema eram os sapatos — outras modelos já haviam tido problemas durante o desfile. Mas nem o parecer da supereditora adiantou, e Nina nunca mais fez um trabalho tão relevante quanto o daquele ano.

4 – Ronaldo Fraga, depois de se formar em estilismo pela Universidade Federal de Minas Gerais, estudou na conceituada Saint Martins, em Londres. Mas o inusitado é que ele cursou chapelaria na universidade britânica. Depois disso, ele e o irmão Rodrigo, também estilista, começaram a produzir chapéus, que eram vendidos nas famosas feiras de Camden Town e Portobello. Alguém tem alguma dessas relíquias por aí?

Ronaldo Fraga São Paulo Fashion Week- Verão 2016 Abril/2015 foto: Gustavo Scatena/ Agência Fotosite
©Agência Fotosite

5 – Coco Chanel tinha uma amiga brasileira, a socialite Aimée de Heeren. Durante a Segunda Guerra Mundial, ela se mudou para os Estados Unidos, onde se casou com Rodman Arturo de Heeren, herdeiro da rede de lojas de departamento Wanamaker’s. A família tinha casas em muitos lugares, incluindo Paris. Por ser uma pessoa muito bem relacionada, Aimée conheceu Coco ainda na época da guerra, e com ela manteve uma longa relação de amizade. Duas curiosidades sobre Aimée: em 1941, a revista “Time” a escolheu como a terceira mulher mais elegante do mundo; e ela era a suposta amante de Getúlio Vargas.

Curiosidades-mundo-da-moda-Aimee-de-Heeren
©Reprodução

6 – Aos 8 anos, Vera Wang começou a praticar patinação artística, e chegou a pleitear uma vaga na equipe norte-americana que disputaria as Olimpíadas de 1968. Ela não conseguiu a vaga, o que a fez iniciar os estudos de moda. Hoje ela faz parte do Hall da Fama da patinação artística nos Estados Unidos por sua contribuição como figurinista para o esporte.

Curiosidades-mundo-da-moda-vera-wang-ice-skating
©Reprodução

7 – O encontro de Hubert de Givenchy e Audrey Hepburn, que tiveram uma das mais longas e prolíficas parcerias da moda e do cinema, só começou por causa de um mal-entendido. Isso porque o estilista tinha entendido que iria se encontrar com Katharine Hepburn, uma das divas de Hollywood da época. Ao chegar ao compromisso, ficou surpreso ao ver a jovem e desconhecida Audrey — de camiseta e chinelos. Isso não impediu que eles se tornassem amigos próximos, e Givenchy vestiu Hepburn tanto nos filmes como em sua vida pessoal.

Portrait of Belgian-born actress Audrey Hepburn (1929 - 1993) and French fashion designer Hubert De Givenchy, mid 1980s. (Photo by Hulton Archive/Getty Images)
©Reprodução

8 – Enquanto estudava na City and East London College, John Galliano trabalhou na Topshop. E ele parecia gostar do lado do varejo, apesar de que trabalhava nas manhãs de sábado, quando sempre chegava atrasado porque tinha saído para fazer festa na noite anterior.

John Galliano 1985 by Jill Furmanovsky
©Jill Furmanovsky/Reprodução

9 – Gianni Versace gravou cenas para o filme “Spice World”, das Spice Girls, de 1997. No entanto, ele foi assassinado entre as gravações e o lançamento do filme, o que levou os produtores a cortarem suas cenas do filme. Outra curiosidade sobre “Spice World”: o filme também mencionava a princesa Diana, que morreu antes do lançamento e, por isso, as menções foram editadas.

Curiosidades-mundo-da-moda-spice-world
©Reprodução

10 – O cabelo estilo Chanel mais curto na frente e mais comprido atrás, que esteve muito em uso há alguns anos, nada mais é que uma releitura de um corte do tempo da Revolução Francesa. Naquela época, uma das modas entre os homens, especialmente os que se posicionavam do lado dos revolucionários, era cortar o cabelo bem curto na nuca, deixando pontas compridas na frente, imitando o jeito como eram cortados os cabelos dos condenados à guilhotina (que, antes da execução, tinham os cabelos cortados para não dificultar o corte da lâmina). Esse corte ganhou o nome de “oreilles de chien” (orelhas de cachorro, em português).

Curiosidades-mundo-da-moda-oreilles-de-chien-amelie
©Reprodução

Relacionadas


Veja Também