04.05.2016 / Moda / por

O que você precisa saber sobre o desfile Cruise da Chanel em Cuba

Mega passarela de 160 metros para o desfile da Chanel ©Reprodução
Mega passarela de 160 metros para o desfile da Chanel ©Reprodução

Cuba Libre

O país que sempre buscou ser sinônimo de igualdade social e desapego material recebeu um dos eventos mais comentados da moda no ano, um dos megashows da Chanel para mostrar sua coleção Resort, exibida a cada edição em uma locação diferente. Foi a primeira extravagância no país desde a retomada das relações com os Estados Unidos. Os Rolling Stones fizeram seu primeiro show em Cuba este ano, mas a diferença é que o show foi para os cubanos e o desfile da Chanel foi para a nata da moda no mundo. A marca levou Anna Wintour, Gisele e outras celebridades para passar uns dias em Cuba. O desfile ser sediado lá também mostra o status de destino quente do momento e a nova fase pela Cuba está passando.

+ Veja a coleção completa aqui

Redes sociais

Wifi ainda é uma novidade em Cuba, se comparada a outros países. Até 2014 a internet era utilizada por somente 30% da população (Venezuela 57% e EUA 87%). O acesso acaba ficando para hospitais, ministérios do governo, universidades e hotéis. Fazer downloads ou assistir vídeos por streaming, nem pensar. Agora, tem começado a surgir cyber cafés e pontos de wifi pela ilha. Por isso, foi o desfile da Chanel menos instagramado em tempo real por modelos, editores e convidados em geral da marca.

Transporte

destaque-desfile-chanel-cuba-5
©Reprodução

Os convidados foram levados ao local do desfile em 170 carros americanos vintage e coloridos, como Cadillacs e Chevrolets, que faziam contraste com os tons mais lavados e envelhecidos das casas.

Au revoir Karl?

Karl acompanhado de Bruno Pavlov, diretor de moda da Chanel, e seu afilhado Hudson
Karl acompanhado de Bruno Pavlov, diretor de moda da Chanel, e seu afilhado Hudson ©Reprodução

Após mais de 30 anos na Chanel, dizem que este pode ser o último desfile de Karl Lagerfeld para a marca. Ele tem um contrato vitalício com a Chanel, o que significa que ele só sai se quiser, mas boatos de que ele está cansado têm circulado por aí. E se a gente pensar na agenda que Karl tem, é de fato impressionante para um senhor de 80 anos. Já falaram que Hedi Slimane e Haider Ackermann são os preferidos de Lagerfeld para assumir quando ele se aposentar.

Uns dias em Havana

Detalhe do terraço d restaurante El Atelier ©Reprodução
Detalhe do terraço d restaurante El Atelier ©Reprodução

Os convidados visitaram a cidade antiga, foram a uma fábrica de charutos, conheceram a casa de Ernest Hemingway e jantaram no Atelier, mesmo lugar que Michelle Obama levou suas filhas na histórica visita de Obama em março.

O local e os locais

destaques-desfile-chanel-cuba
©Reprodução

O desfile aconteceu sob um calor de 35 graus no El Paseo Del Prado, no centro de Havana, um dos pontos mais conhecidos da cidade. Ele foi reconstruído em 1928 pelo arquiteto francês Jean-Claude Nicolas Forestier. O espaço recebeu 600 convidados, que se sentaram ao longo de uma passarela de 160 metros. Moradores da região se aglomeravam nas sacadas das casas ao redor do desfile para ver, também em primeira mão, o espetáculo da Chanel e acenar para celebridades como Gisele e até Vin Diesel, que filmou “Velozes e Furiosos 8” (isso mesmo, oitavo) em Havana.

Cuba à la Chanel

destsques-desfile-chanel-cuba-looks
©Cortesia

Stella Tenant abre o desfile cheio de referências a história e cultura de Cuba, como a boina de Che Guevara bordada em paetês, estampas de cadillacs coloridos em vestidos de seda, modelos fumando charuto na passarela, calças e vestidos de crochê (artesanato muito usado no país), mini vestidos nas cores amarelo, menta e pêssego, combinando com os carros que levaram os convidados e camisetas com Coco Cuba escrito.

Novos temposdestaques-desfile-chanel-cuba-2

O neto de Fidel Castro, Antonio Castro, é aspirante a modelo e foi visto nos bastidores do desfile.

Giseledestaques desfile cuba gisele

Gisele foi levada a Havana para assistir ao show da primeira fila. Ela aproveitou seus dias por lá, andou no “cocotaxi” e fez fotos da natureza. A modelo é estrela da linha de maquiagem da Chanel e presença certa nos desfiles da grife.

We <3 Cris + Ari

Os dois looks de Cris Herrmann ©Reprodução Instagram
Os dois looks de Cris Herrmann ©Reprodução Instagram

E algumas de nossas modelos preferidas, Cris Herrmann e Ari Wesphall estavam no casting, assim como Isabela Ridolfi e Amanda Sanchez, que também é modelo de prova da Chanel. Depois caíram na dança na festa que fechou a noite em Havana.


Relacionadas


Veja Também