19.09.2017 / Moda / por

Opening Ceremony lança nova coleção com uma "história dançada", dirigida por Spike Jonze

Mia Wasikowska e Lakeith Stanfield em cena de Changers: A Dance Story ©Reprodução
Mia Wasikowska e Lakeith Stanfield em cena de Changers: A Dance Story ©Reprodução

A cada temporada que passa Carol Lim e Humberto Leon desconstroem a ideia de que de que um desfile de moda precisa acontecer em uma passarela. Depois do balé em colaboração com Justin Peck, do show de talentos teen ancorado por Chloë Sevigny, do concurso de beleza politizado e da peça de um ato só estrelada por Jonah Hill, a Opening Ceremony debuta seu Verão 18 com Changers: A Dance Story, uma performance narrativa de dança estrelada pelos atores Mia Wasikowska e Lakeith Stanfield e dirigida por Spike Jonze.

“Sempre pensamos no que podemos fazer a seguir, em que outros formatos podemos desconstruir, como nos sentimos no momento, o que está acontecendo no mundo, como colocamos isso em movimento?”, explica Lim, à i-D. Com duração de 30 minutos, a peça teve apresentação aberta ao público no East Village nova-iorquino entre 10 e 15.09 e explora ideias como evolução do amor, dinâmica de relacionamentos e conexão humana, sem qualquer diálogo. Com exceção do poema Having a Coke With You, de Frank O’Hara, recitado logo no início, tudo é comunicado através de movimento, dança e, claro, roupas.1505319270073-170910_df_0417

Vestidos kaftã, cardigãs oversized, peças em millenial pink e verde, jaquetas varsity e worker compõem a coleção já disponível no site da OC, inspirada na ideia de “ocasião”. “É o que você veste para trabalhar, quando quer sair pra dançar ou vai conhecer os pais de alguém”, continua a estilista. “As roupas estão realmente integradas a narrativa e coreografia. Tudo reflete como esses personagens se sentem, como as emoções deles mudam, como seus relacionamentos mudam”.1505319181036-170910_df_0398

Jonze escreveu o roteiro a partir de uma conversa que teve com os estilistas, convidou o coreógrafo superstar Ryan Heffington (responsável pelos videoclipes da Sia), os atores e voilà – Mia tem formação em dança clássica e Lakeith, bem, é só seguir o ator no Instagram pra ver seu potencial de groove espontâneo. Entre as músicas escolhidas a dedo pelo diretor para dar o ritmo da história, faixas de Karen O, David Byrne, LCD Soundsystem, Suicide e Run The Jewels.

Para a alegria de quem não mora em Nova York, Spike adaptou o início da performance para a TV, filmando ao vivo um segmento de 4 minutos para o The Tonight Show with Jimmy Fallon e afirma que tem filmado as sequências do roteiro pelas ruas da cidade e que, em algum momento, o material deve ser divulgado online. Enquanto a gente espera ansiosamente por isso, ficamos com os quatro minutinhos de vídeo e as belas fotos da performance no teatro.


Relacionadas


Veja Também