11.05.2016 / Moda / por

Vivienne Westwood lança roupas unissex em campanha com jovens influencers

Toga no último desfile de Vivienne Westwood, para o Verão 2016, assinado pelo marido ©Reprodução
Toga no último desfile de Vivienne Westwood, para o Verão 2016, assinado pelo marido ©Reprodução

A estilista britânica Vivienne Westwood é uma das mais conhecidas ativistas na indústria da moda. Seja nas questões ambientais ou de gênero, a “deusa” do movimento punk sempre se importou em ficar à frente nas discussões. Nesta semana, Westwood anunciou o lançamento de um projeto unissex, onde fotografará cinco jovens criativos usando togas desenhadas pela grife. São peças que apareceram na última coleção masculina, feitas pelo marido de Vivienne e diretor criativo da marca Andreas Kronthaler. A proposta é que eles mesmos preparem as combinações que irão usar e se fotografem.

Os escolhidos para o projeto são o cineasta Luke Clayton Thompson, o fotógrafo e artista multidisciplinar Eleanor Hardwick, a banda de garotas Dream Wife, o ativista ambiental Glacier Girl e a dançaria de jazz Lee Bridgman. Os fotógrafos Daisy Walker, Amanda Charchian e James Robjant irão colaborar com os cinco jovens.

Uma das vestimentas mais antigas, a toga era usada na Roma Antiga, utilizada para diferenciar os cidadãos e escravos na época – apenas mulheres condenadas por adultério podiam usar a toga. Sua forma fluída celebra o unissex, sem distinção de gêneros. “Colocar vestidos em homens é também bem punk, a ideia de você colocar uma espécie de toga por cima de outras peças é cross-gender”, disse Vivienne à Dazed&Confused.


Relacionadas


Veja Também