15.08.2017 / Música / por

Com Clémence Poésy, Grizzly Bear lança videoclipe que celebra a liberação feminina

Clémence Poésy no videoclipe Mourning Sound, da banda Grizzly Bear ©Reprodução
Clémence Poésy no videoclipe Mourning Sound, da banda Grizzly Bear ©Reprodução

Depois de cinco anos sem gravar um disco novo, a banda Grizzly Bear finalmente lança nesta sexta (18.08) seu quinto álbum, Painted Ruins. Para movimentar ainda mais a semana dos fãs do seu psych-pop-folk-rock-experimental, o quarteto nova-iorquino lançou um videoclipe encharcado de feminilidade e cores pastel para o single Mourning Sound, dirigido pela francesa Béatrice Pegard.

“Fazemos uma ode aos direitos das mulheres através de uma brincadeira com tempo, espaço e luz”, explica a diretora. “Transpusemos essa canção nostálgica sobre sofrimento para relacionamentos com a sociedade ao seguirmos mulheres de diferentes idades e origens por vários ambientes, juntando uma à outra com um pouco de mágica”.

É um comentário social com ares de sonho e tom espirituoso. Com cenas que aludem à maternidade e casamento, a diretora evoca a força e liberdade feminina enfatizando ainda a união entre mulheres numa espécie de ritual celebratório em que essas personagens diversas dançam juntas e emanam luz e um arco-íris (e usam um traseiro masculino como bongô!). Quem encabeça o elenco é a atriz, garota-propaganda da Chloé e parisiense extraordinaire Clémence Poésy, que aparece no vídeo a bordo de um vestido Yanina Couture e com sombra cor-de-rosa nos olhos, arriscando passos de dança e fazendo bonito no lip-sync.

“Ninguém, em nenhuma circunstância, pode ser capaz de tirar o poder de amor e união que todas carregamos intrinsecamente”, completa Pegard. “[Assistir ao vídeo] me faz sorrir sem parar e eu espero que tenha o mesmo efeito em vocês”, comenta ainda o vocalista Ed Droste, satisfeito.


Relacionadas


Veja Também