18.04.2017 / Música / por

Red Bull Music Academy Festival desembarca em SP; Mikky Blanco e Racionais Mc's estão entre as atrações

Mikky Blanco ©Cortesia Red Bull Music Academy
Mikky Blanco ©Cortesia Red Bull Music Academy

Tudo começou num galpão em Berlim, em 1999, com um evento de workshops, sessões e aulas de música. Quase 20 anos depois, a Red Bull Music Academy tomou o mundo todo como uma plataforma para tudo o que acontece de diferente no cenário musical, realizando 500 eventos e projetos musicais diferentes em mais de 60 países. Um desses desdobramentos é o RBMA Festival, que neste ano chega a sua quinta edição em Nova York, à segunda em Paris e aterrissa pela primeira vez em São Paulo.

Entre 2 e 11 de junho, a capital paulistana recebe na Red Bull Station, no centro da cidade (e em locações ainda não anunciadas), shows ao vivo, instalações de arte, festas e palestras de artistas brasileiros e internacionais que, de acordo com a curadoria do evento, são alguns dos mais instigantes e relevantes na música contemporânea. Egyptian Lover, nome forte da cena rap de Los Angeles nos anos 1980, participa de uma em homenagem aos produtores do funk carioca; o maestro Arthur Verocai vai comandar um concerto diurno no centro de São Paulo; os nossos Racionais Mc’s fazem show intimista revisitando as três décadas da carreira de grupo no rap.

A chinesa Pan Daijing durante o RBMA Montréal ©Cortesia
A chinesa Pan Daijing durante o RBMA Montréal ©Cortesia

Pouquinho antes de partir pro Glastonbury, o artista de performance e rapper americano da vez Mikky Blanco também se apresenta no RBMA Festival São Paulo, trazendo sua estética queer para uma noite especial que explora a criação de música baseada na força da identidade. Ele junta-se ainda à MC Linn da Quebrada e ao duo Tormenta. Integram ainda a programação uma festa de música eletrônica com mais de 20 artistas, incluindo as produtoras Honey Dijon, de Chicago, e Pan Daijing, da China; um resgate de músicas criadas nos últimos anos da ditadura limitar com novas roupagens na noite Outro Tempo; uma peça audiovisual do produtor Oneothrix Point Never em parceria com o artista Nate Boyce; um encontro que explora, interpreta e incorpora sons dissonantes e projetos das cenas black metal, pós-punk e da música eletrônica experimental; e uma noite comandada pelos DJs Theo Parrish, John Gómez, a carioca Tata Oga e a dupla Selvagem.

Em tempo, brasileiros também marcam presença no evento em Nova York. Com uma programação animada que conta com um open talk com o cineasta Werner Herzog e um programa interdisciplinar da cantora Solange no museu Guggenheim, o RBMA Festival Nova York traz ainda Elza Soares em apresentação no The Town Hall e MCs e produtores como MC Bin Laden, MC Carol e Leo Justi levando as batidas do funk proibidão para a cidade americana.

As datas de cada evento e venda de ingressos ainda não foram divulgadas, mas você pode acompanhar as novidades no site do RBMA Festival SP.


Relacionadas


Veja Também