09.10.2017 / por

Dossiê FFW: as principais tendências das passarelas do Verão 18 internacional

dossie-rosa

Por Camila Yahn e Luísa Graça

Xeque-mate

Em preto e branco ou múltiplas cores, com padronagem discreta ou maximalista, o xadrez deixou de ser sinônimo de looks invernosos e abundou nos desfiles deste Verão, aparecendo em vestidos, casacos, macacões, terninhos, acessórios e afins. Ele pode ser 1001 coisas: geeky, edgy, grunge, sexy ou clássico; uma estampa com muitas leituras possíveis, mas que, em todas elas, tem o poder de tornar qualquer look mais interessante.

Trench on

A temporada bem poderia ter rendido um manual à la “10 maneiras de desconstruir um trench coat”. Trench com recortes, com franjas, sem mangas… Versões repaginadas do item clássico surgiram nas passarelas de Alexander McQueen, Maison Margiela e Loewe, por exemplo, ganhando também versões em couro e estampadas na Céline, Ralph Lauren e Miu Miu. O outerwear perfeito para proteger o corpo de uma chuva ou vento num final de tarde de verão, ele teve ainda um momento “capa”, mas não deixou de aparecer em sua forma mais clássica, apenas com um caimento um pouco mais leve como pede a estação.

Get short

Alternativa mais confortável à minissaia, os shorts apareceram em peso nas passarelas com shapes e comprimentos para todos os gostos. Os de cintura alta, com caimento mais solto; os mais justos; os mais compridos à la bermudinha. Na Saint Laurent, Chloé e Off-White, especialmente, um festival de modelagens. A mais controversa delas? A do shorts ciclista, claro, que pintou como tendência surpreendente, compondo looks com blazers, blusas mais longas e saias.

Efeito plástico

Karl Lagerfeld vestiu suas modelos com capas de plástico e botas e bolsas feitas no mesmo material; Virgil Abloh também cobriu os Jimmy Choos de sua coleção ode à Lady Di com plástico aparente; e uma das peças mais desejadas do desfile da Valentino é nada menos do que uma jaqueta bomber em… plástico, claro. É seguro dizer que o plástico vive um momento fashion. Raf Simons fez isso na sua estreia na Calvin Klein no início do ano e a ideia de cobrir com material aparente uma peça que cobre o corpo – o tal “cobrir com transparência” – fluiu por outros designers e marcas e também tomou outros rumos. Não necessariamente transparente e não apenas o plástico, como também outros materiais com textura brilhante ou emborrachada – tais quais os das capas coloridas da Burberry -, dão às roupas um ar de jovialidade e despojo que as marcas buscam tão ferozmente no atual momento.

Pastelão

Pense em rosa, azul, verde, amarelo. Agora diminua a intensidade dessas cores até que cheguem na tonalidade mais amena da paleta antes que se tornem esmaecidas e vista-se inteiramente com elas. Looks totalmente coloridos em tons pastel, seja em uma ou mais tonalidades, foram a proposta cromática de algumas marcas sugerindo o lado mais leve e menos agressivo das cores de verão. A combinação entre rosa e amarelo já pegou!

Lingerie

Esta é uma grande temporada para o universo do underwear. O foco está nos seios, com vestidos e tops que reconstroem a forma de sutiâs e corsets enquanto as camisolas inspiram vestidos frescos e delicados.

Easy breezy

Com quantos vestidos se faz um bom verão? Se depender desta estação, a versão da vez tem foco no colo e nos ombros, com decotes abertos e tomara que caia, em modelos leves e frescos para um dia ou uma noite de verão.

Color me bold

Se por um lado a suavidade dos tons pasteis tem forte presença no próximo verão, por outro, há uma resistência a essa suavidade com combinações mais bold de tons fortes no mesmo look ou peça. As misturas são quentes, com muito vermelho, rosa e laranja.

Alfaiataria

A onda de empoderamento feminino trouxe para a passarela uma mulher forte e independente através da imagem da business women, que tem poder e espaço em um ambiente majoritariamente masculino. Assim, surgiram muitas opções de terno, mas esqueça aquela versão tradicional e careta: eles aparecem em diversas cores, shapes e proporções. E a novidade é o que se usa junto: camisetas cropped, meia e sandália, camisas mais compridas e tops estampados são apenas algumas das ideias. Muito mais divertido.

<3 Denim

Em épocas de crise, o jeans aparece com força na passarela. Por conta de sua versatilidade, são peças mais fáceis de usar e também de vender, mesmo nas construções elaboradas que surgiram nesta temporada. Destaque também para as lavagens especiais.


Relacionados


Veja Também