FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade
    SAINT LAURENT
    Inverno 24
    Todos Ler Review
    Por Vinicius Alencar 27.fev.24

    Em 1966, o mundo vivia em estado de rebeldia e a mulher era símbolo de transgressão, liberdade e de uma expressão ainda não disseminada na época, mas onipresente hoje, o empoderamento. Yves sentiu isso e colocou naquele ano a primeira – de muitas – blusas de chiffon transparentes. Seios à mostra. Olhares de reprovação. Em 1968, um vestido inteiro revelador, no mesmo material, um chiffon finíssimo.

    56 anos (!) depois, Anthony Vaccarello escolheu o inverno 2024 para referenciar esse período.

    Essa interpretação pode soar antiquada para muitos, mas isso não é o que acredita Vaccarello. Muita segunda pele em tons terrosos, pretos e um vermelho queimado aqui e ali, além do onipresente verde oliva. Se marcas como a Bottega fazem roupas para a rotina 9 to 5, na Saint Laurent as roupas são idealizadas para depois do entardecer e minutos antes do amanhecer.

    Quem se destaca mesmo em meio a tanto bodycon são as jaquetas de couro enrijecido meio casulo com ombros e mangas arredondadas. Igualmente lindo, o blazer verde musgo, quinto look a cruzar a passarela. E como quem tem legado põem pra jogo: o último look foi arrematado por um colar bem conhecido entre os obcecados pela histórica da marca, o coração-fetiche criado em 1962, sendo usado apenas  no look favorito de Yves a cada estação…

    Bom para lembrar que em meio tanta sexualidade, ali também bate um coração apaixonado.

    Não deixe de ver
    Pabllo Vittar em collab com a Pornograffiti, os novos modelos da Rolex, a bebida especial da Melissa e muito mais
    Por trás do figurino de ‘A Loja de Atrocidades’
    Rider lança chinelo R Bold com Filipe Ret e Caio Luccas
    FFW SOUNDS: Chappell Roan
    Coletivo da Amazônia pinta mural no principal Pavilhão da Bienal de Veneza
    A Chanel ainda vale o preço que cobra?
    Cabelos: Truss e Ricardo dos Anjos apostam em mix de décadas na SPFW
    Kanye West não é o responsável pelas roupas de Bianca Censori
    Sabrina Sato como nova embaixadora da Hope, as denúncias envolvendo a Zara e a H&M e o desmatamento no Brasil, a nova coleção da Dod Alfaiataria e muito mais