06.07.2016 / Cultura / por

Felipe Morozini transforma suíte do Maksoud em uma instalação de arte

No segundo andar da suíte, letreiros neon e objetos transformam o ambiente em uma instalação ©Cortesia
No segundo andar da suíte, letreiros neon e objetos transformam o ambiente em uma instalação ©Cortesia

No 21o andar do tradicional hotel Maksoud Plaza, a suíte presidencial ganhou uma nova cara. No apartamento duplex, de 126m2, foi instalada, no fim do mês passado, a “Suíte Dreams 2117”, obra de Felipe Morozini que trabalha o conceito de “instalação habitável”. A convite do hotel, o artista quis proporcionar aos visitantes uma experiência sensorial que vai além de simplesmente dormir. A instalação ficará por tempo indeterminado e está disponível para hospedagem a partir de agosto – a diária custará R$ 800 e inclui café da manhã. As reservas podem ser feitas no site do hotel.

Cada espaço da suíte presidencial foi recriado: no primeiro andar, a sala se transformou em uma floresta, onde vasos com plantas naturais recuperam o fôlego caótico da cidade, além do aroma de grama e som de cachoeira; o quarto é mobiliado com móveis brancos e sobre a cabeceira da cama um letreiro neon avisa: “Você é um pouco de mim”; os três banheiros da suíte propõem uma experiência cromoterápica, com luzes em azul, vermelho e rosa; no segundo andar, uma mesa é observada por dez câmeras ao mesmo tempo, questionamento do artista sobre a privacidade.

As frases marcantes  que são marca registrada de Morozini aparecem espalhadas pelos cômodos: ao entrar no banheiro, o adesivo no espelho diz: “O espelho é uma ilusão”. A carga emotiva do espaço, dos objetos que decoram os cômodos, as memórias, também são temas discutidos na obra.


Relacionados


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×