05.04.2019 / Cultura / por

"Queria vesti-lo em uma pele dourada", diz Lino Villaventura sobre o figurino para o novo show de Ney Matogrosso

02-10-07ney-979

Um show que tem emocionado gregos e troianos é o novo de Ney Matogrosso. O artista está em se apresentando por todo o país com a turnê Bloco na Rua. E um dos aspectos que do show que ajuda a criar o clima é o figurino.

Criado por Lino Villaventura, a “pele dourada” que Ney veste representa tanto a estética do estilista quanto a do próprio cantor. “Fiz uma homenagem a ele, que é um exemplo e uma esperanca pra todos nós”, diz Villaventura em um telefonema com o FFW.

Fã de Matogrosso, Lino conta que há muitos anos queriam fazer algo juntos –  ele considera Ney o artista mais completo do Brasil. “Ele tem uma forma diferente de cantar, muito forte, com muita identitade”.  Até que surgiu essa oportunidade que ele quase, sem querer, deixa passar. Lino conta:

“Estava em um trabalho grande com o Senai e uma pessoa me ligou. Estava ocupado, no carro, atendi rapidamente, mas a ligação estava muito ruim, eu só entendia a pessoa falando: Matogrosso, Matogrosso”. Ao desligar o telefone sem conseguir falar com a pessoa, ele comentou: “É algum cara do Mato Grosso que nem sei quem é…”. Só depois que ficou sabendo quem era de fato.

 


View this post on Instagram

Abertura com Bloco na rua

A post shared by Ney Matogrosso (@neymatogrosso) on

 

O primeiro encontro foi no Rio, na casa de Ney, onde bateram tanto papo que Lino esqueceu de tirar as medidas. “Só pensava em faze-lo vestido de ouro, criar uma pele dourada para ele vestir”.

Lino usou um material que se assemelha a um tricô finíssimo metalizado, super leve e que dá liberdade de cena ao cantor. Ao longo do processo, foram poucas vezes que ele precisou enviar imagens – Ney gosta e conhece o trabalho do estlista e pediu especificamente que a roupa tivesse essa cobertura do rosto. “É uma característica do trabalho dele e acabou causando um impacto muito forte no show. O momento em que ele revela o rosto, é de chorar”.

E dependendo das luzes de palco que refletem no tecido metálico, o figurino fica esverdeado, avermelhado, azulado… “Efeito cênico é comigo mesmo”.

Veja abaixo as imagens cedidas pela fotógrafa Rita Vicente.

O show Bloco na Rua está no momento em Salvador e segue até agosto, onde finaliza em São Paulo, no Espaço das Américas.


Relacionados


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×