FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade

    424 e Guillermo Andrade: O streetwear com raízes latino-americanas de Los Angeles

    O designer guatemalense apaixonado por moda desde a adolescência e dono de uma personalidade intrigante e estilo único, é um dos nomes centrais do streetwear latino nos Estados Unidos – e no futebol.

    424 e Guillermo Andrade: O streetwear com raízes latino-americanas de Los Angeles

    O designer guatemalense apaixonado por moda desde a adolescência e dono de uma personalidade intrigante e estilo único, é um dos nomes centrais do streetwear latino nos Estados Unidos – e no futebol.

    POR Laura Budin

    Se você nunca ouviu falar na marca 424, você provavelmente já viu algumas de suas colaborações no mundo do futebol com gigantes do esporte como Arsenal, Adidas e FIFA. A marca originada em Los Angeles tem Guillermo Andrade como seu ‘‘árbitro’’ do streetwear e coleciona colaborações memoráveis, e até mesmo, o fascínio do polêmico Kanye West em quase 20 anos dentro do mercado. No entanto, Ye não é o único fã da 424, Andrade coleciona rappers na manga quando o assunto é seu ‘‘streetwear de luxo’’. Nomes como Kendrick Lamar, A$AP Rocky, The Weeknd e Wiz Khalifa são bem conhecidos como consumidores da marca.

    Guillermo Andrade e Ye na inauguração da nova loja da 424 em Melborne, Los Angeles.

    O designer cresceu na Guatemala, mas começou a atuar com moda nos Estados Unidos. Guillermo nunca se graduou no assunto, mas explica que sua paixão por esse mundo sempre veio pelo sentimento que a roupa o causava: “Havia algo no ar naquela época. Senti que era o momento certo para começar a fazer roupas’’, relata Guillermo sobre as origens da marca em uma entrevista à Esquire Magazine em 2018.

    Sua herança latino-americana é transmitida em seus designs até hoje, pois foi apenas com ela que Guillermo construiu seus ideais e aspirações dentro da moda: ‘‘A exposição foi tudo que eu precisava para despertar minha curiosidade. Eu voltava para essas partes da cidade onde moravam todos os médicos e advogados, ia à loja Goodwill ou às lojas de segunda mão e aprendia sobre as roupas, às vezes comprava-as e tentava usá-las e torná-las minhas’’, explica o designer contando sobre sua adolescência na Guatemala.

    Antiga loja da 424 em Fairfax, em West Hollywood.

    Andrade, antes mesmo de fundar a 424 em 2015, já era um nome efervescente dentro da moda. O designer tinha um espaço de revenda de roupas no distrito de Fairfax, em West Hollywood, que ficou conhecido por ser um centro cultural e paraíso do streetwear – quase como uma meca para os fieis condutores da high fashion, mas também um espaço para os calouros do novo mundo.

    ‘‘Tudo começou como um pequeno projeto interno. Pouco depois, voei para Copenhague e compartilhei um estande na feira de moda na CIFF para o que pensei que seria apenas uma experiência de exibição. Quando saí, tinha oito contas abertas para comprar a coleção e não sabia nada de atacado’’, explica Guillermo ao contar sobre como a 424 nasceu da Fairfax.

    Nova loja da 424 na avenida Melrose, em Los Angeles.

    No entanto, foi apenas este ano, que sua marca teve sua primeira loja própria. Ela foi aberta ao público no início de fevereiro (09.02) na avenida Melrose, em Los Angeles. A abertura da loja é mais uma aposta de Guillermo para reviver uma nova fase na marca: ”Queríamos que a vitrine do Melrose Place fosse um reflexo da abordagem de design da 424 – uma convergência harmoniosa de elementos díspares”.

    A nova loja foi criada em colaboração com o disruptivo estúdio de design Zoo as Zoo e imita o interior de uma caverna com suas paredes desniveladas, arredondadas e com visual arenoso. Dentre um dos destaques da inauguração, temos a presença de Ye que foi recebido com gritos de Guillermo: ‘‘Something very important: The only GOAT. The only f* GOAT’’ (‘‘Algo muito importante: O único GOAT’’ – GOAT é uma abreviação para Greatest Of All Time, ou seja, O Melhor de Todos os Tempos’’).

    Colaboração com o Arsenal Football e a 424.

    O estilo de suas peças variam muito de coleção em coleção, mas circulam dentro de um dark wave moderno – um quê de Rick Owens com um quê de Supreme. Seu streetwear é elevado à jeans rasgados, conjuntos de moletom, couro, peças destroyed e peças com desenhos gráficos.

    Podemos destacar algumas colaborações e momentos que foram importantes para a 424 e Guillermo se destacarem na moda, dentre eles: a collab limitada da Adidas e Arsenal junto à 424, em 2021; A nomeação de Guillermo à consultor criativo da Copa das Ligas de Futebol, em 2023 e sua recente aparição – em 2023 – com o rapper Ye e sua esposa Bianca Censori pelas ruas de Los Angeles, dando a entender da possibilidade uma parceria entre os dois.

    Em janeiro, deste ano, na Semana de Moda de Paris Masculina, Guillermo Andrade também apresentou seus mais recentes designs de footwear em um showroom público. O designer provou mais uma vez que autenticidade e dar seu toque aos clássicos faz da 424 uma das marcas do momento. Os novos calçados iam desde camuflagem em tecido ripstop até botas com solas grossas e ponta em metal prateado.

    Não deixe de ver
    Pabllo Vittar em collab com a Pornograffiti, os novos modelos da Rolex, a bebida especial da Melissa e muito mais
    Sabrina Sato como nova embaixadora da Hope, as denúncias envolvendo a Zara e a H&M e o desmatamento no Brasil, a nova coleção da Dod Alfaiataria e muito mais
    Roberto Cavalli morre aos 83 anos
    Skinny x wide legs: uma preferência geracional?
    COLLAB DO ANO? NIKE E BODE LANÇAM SUA AGUARDADA COLEÇÃO
    Confira o calendário de desfiles da SPFW edição 57
    Anitta, Cher e Demi Moore na abertura da exposição da Dolce & Gabbana, em Milão
    Como Beyoncé ajudou a subir as ações da Levi’s
    Gisele Bündchen no Rio para o lançamento de seu segundo livro, a nova diretora criativa da Bulgari, o brasileiro vencedor de prêmio da Chanel e muito mais
    Contemporâneo Showroom comemora 20 anos com edição na Bienal