FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade

    Guia FFW do Garimpo: Designers e Grifes

    Guia FFW do Garimpo: Designers e Grifes

    POR Laura Budin

    Já imaginou encontrar peças vintage de marcas como Louis Vuitton, Yves Saint Laurent, Gucci, Dior, Raf Simons e mais inúmeros designers e marcas luxuosos em perfeito estado, renovadas, com anos de história e por uma fração do preço original? Esses garimpos são o foco de brechós que trabalham com uma curadoria centrada em designers e marcas de luxo.

    Para além das grandes plataformas como Etiqueta Única, Gringa e Troc, o FFW escolheu alguns brechós e curadores que vendem desde bolsas únicas até peças de roupa que já saíram de linha!

    Franz Moz (@franzmoz)

    Criado há oito anos na Alemanha por Francis Gontijo, Franz Moz apresenta uma seleção masculina de luxo: ‘‘Moro bem perto da Bélgica e, como sempre me interessei por moda, não demorou até que eu descobrisse a Antuérpia e começasse a frequentá-la regularmente para garimpar os designers de lá que fizeram nome mundialmente, como Dries van Noten, Raf Simons, Martin Margiela, etc. O brechó nasce, então, impulsionado pelo meu fascínio pelos designers belgas e pela minha proximidade física a uma das ‘Mecas da moda’, que é a Antuérpia. Desde o início e até hoje, faço tudo sozinho: Do garimpo das peças até ser modelo em fotos de outfit. Aliás, é fácil eu mesmo ser o modelo porque o brechó é especializado em moda masculina, então, muitas peças servem em mim! Sei que hoje gostamos de dizer que roupa não tem gênero, mas quando eu digo “moda masculina” estou apenas me referindo ao fato de que os designers que eu vendo concebem coleções separadas para homens e mulheres, como a Prada, por exemplo. Depois, cada um compra o que quer’’.

    Dentro de sua curadoria, Francis preza por peças desfiladas e adquiriu uma paixão pela Prada: ‘‘Ao longo destes oito anos, o brechó passou por uma evolução bastante orgânica, no sentido de não ter sido calculada por mim. Simultaneamente ao meu interesse pelos belgas, descobri uma admiração pela Prada e as pessoas no Instagram devem ter notado isso, pois começou a se juntar ao meu redor uma audiência que, apesar de não muito grande, se interessa realmente pela marca e, em muitos casos, até está conectada profissionalmente à marca. A curadoria é centrada, sobretudo, em peças desfiladas em Paris ou Milão e hoje, devido aos contatos que formei ao longo dos anos, a maior parte das peças vem de colecionadores ou de gente que trabalha na indústria. Mas eu reviro a internet também!’’, explica Francis.

    Você pode encontrar camisas de manga curta, estampas icônicas da Prada, do Dries van Noten e da Marni. ‘‘Modéstia à parte, acho que a singularidade do “Franz Moz” é oferecer moda masculina de luxo sem ser chata ou óbvia para homens ou mulheres que quiserem usá-la. No Brasil, pelo menos segundo minha experiência, a moda de luxo masculina ainda está engessada na logomania da Gucci ou da LV e em peças voltadas para um homem que chamamos de clássico’’, finaliza Francis.

    Fugaz (@fugazvintage)

    Criado em meados de 2016 por Igor Palmerim, o Fugaz Vintage nasceu em Juiz de Fora, Minas Gerais. ‘‘A loja funcionava apenas online até o começo de 2021. Já morando em São Paulo decidi abrir uma loja física para atender melhor os clientes que em grande maioria já eram daqui. Nesse período, convidei a Ana Luiza Mendonça para entrar como sócia e em setembro de 2021 com o começo da normalização da pandemia inauguramos a loja física na Galeria Metrópole’’, explica Igor.

    Com foco em peças vintage e de marca, o Fugaz tem uma seleção de peças garimpadas no Brasil e no exterior: ‘‘Eu acho que o principal processo de garimpo é uma identificação pessoal com aquela peça, é tudo muito pautado em nossos gostos e referências e naquilo que acreditamos ser a identidade da loja. Temos um foco em peças vintage e a grande maioria hoje são peças de marcas, tanto de luxo quanto de marcas voltadas para o streetwear, mas além disso prezamos muito a qualidade de construção e as condições de cada item’’.

    Dentre os principais garimpos do Fugaz, destacamos as jaquetas, casacos e blazers, além camisas, calças e óculos em modelos dos anos 1970, 1980 e até 1990.

    Frou Frou Vintage (@froufrou.vintage)

    Garimpando ‘‘desde sempre’’, o Frou Frou Vintage fundado pelo trio Luzia Belucci, Giovanna Belucci e filha, tem loja física desde 2007. ‘‘Eu estava começando a trabalhar com figurino na época e minha mãe, a Luzia já teve outros brechós antes do Frou Frou. Ou seja, está no DNA. Assim decidimos abrir uma loja e ver no que dava! Esse mercado vintage estava começando a engatinhar com mais força. Escolhemos o baixo Augusta por sempre acreditar naquela região! E na época estava fervendo de baladas, bares e pessoas interessantes nesta região’’, explica Giovanna.

    A curadoria que mixa garimpos do trio é uma dos fatores que faz o Frou Frou único dentro do mercado: ‘‘Nós selecionamos as peças por elas serem especiais de alguma forma, amamos achados que contam histórias, seja para figurino, pode ser também algum designer incrível brasileiro ou de fora, seja por estar na moda, ou até mesmo ainda ser uma tendência. Amamos moda e acompanhamos tudo que acontece nesse universo. Buscamos peças em todo canto, aqui em São Paulo, interior, e ultimamente muito na Europa. Nossa peças são garimpadas uma a uma, não trabalhamos com consignação’’.

    No momento, o acervo do Frou Frou já conta mais de 20 mil peças dos mais variados estilos com achados especiais e raros do mercado vintage.

    Brechó Find (@brechofind)

    Criado por Víctor Rodrigues, o b.find ou Brechó Find expõe todas as suas peças no Instagram e trabalha com uma das maiores cartelas de bolsas de luxo do mercado. As vendas acontecem pelo Whatsapp e você pode encontrar marcas como Fendi, Dior, Jacquemus, Louis Vuitton, Gucci, Chanel e outras. É ideal para quem busca modelos que já saíram de linha, peças vintage e bolsas ultra raras.

    Seff Vintage & Luxury (@seffvintage)

    Um dos brechós mais conhecidos do setor de luxo, o Seff Vintage & Luxury criado por Leon Seff é ideal para quem procura uma seleção repleta de curadoria focada principalmente em acessórios. As vendas acontecem no site ou pelo grupo do Whatsapp, onde você pode encontrar peças como Prada Denim Moon Bag, Chanel 2001 Leather Denim Pants, Versace Medusa Leather Watch e entre outros achados.

    Peguei Bode (@pegueibode)

    Criado em 2011 pelas irmãs Gabriela e Daniela Carvalho, o Peguei Bode foi o primeiro e maior site de luxo do Brasil com venda de peças seminovas de luxo. Com peças encontradas no exterior e em território nacional, no Peguei Bode você encontra sapatos, roupas, bolsas e acessórios das principais marcas internacionais do mercado, como Chanel, Prada, Hermès, Gucci, Dolce & Gabbana, Alexander McQueen e Louboutin.

    Não deixe de ver
    NIINI celebra aniversário da fundadora Carol Celico com nova coleção
    Bella Hadid: Couro, Cintura baixa e Corsário
    Mongólia surpreende com uniformes olímpicos inspirados em vestimenta tradicional
    Ariana Grande é a nova embaixadora da Swarovski
    Supreme é vendida para a EssilorLuxottica por 1,5 bilhão
    Botas de pata cavalo de Alexander McQueen chegaram as lojas
    Curiosidades sobre Gianni Versace
    Os CEOs da moda
    A crise na Nike: queda brusca nas ações, demissões e críticas dos clientes
    Giorgio Armani: o legado e impacto do estilista italiano na história da moda
    FFW