FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade

    VERA WANG: tudo que você precisa saber sobre a designer

    Conhecida por seus vestidos de noiva, entenda como ela passou de designer de nicho para personal viral na internet.

    VERA WANG: tudo que você precisa saber sobre a designer

    Conhecida por seus vestidos de noiva, entenda como ela passou de designer de nicho para personal viral na internet.

    POR Gabriel Fusari

    Quando Carrie Bradshaw planejava se casar no primeiro filme de Sex and The City, ela fez um ensaio para a revista Vogue mostrando os possíveis vestidos de noiva que ela escolheria para a data importante. Uma das marcas presentes era a prestigiada e clássica designer de noivas Vera Wang. Vera, uma das 100 mulheres inspiradoras e influentes segundo a BBC, nasceu em Nova York em 1949, com ascendência chinesa. Ela conquistou o coração das norte-americanas com sua assinatura clean e atemporal. Em 1990, com ajuda de seu pai, abriu uma boutique no hotel Carlyle, na Madison Avenue, localizado na mesma cidade onde nasceu. Mas bem antes disso, sua ligação com a moda já era intensa. Para uma nova geração, ela retorna não por conta do seu legado na moda, mas principalmente pela personalidade que projeta nas redes sociais. 

    INÍCIO DE TUDO


    Depois de atuar por anos como patinadora de gelo profissional, Vera se mudou para Paris para estudar moda. Se formou em diversas instituições, entre elas a Universidade de Paris. Mas a que a alçou no mundo da moda, foi a passagem por Sarah Lawrence College, onde se formou em história da moda. De lá, engatou em um trabalho na Vogue americana como editora, sendo a mais nova a ser contratada, permanecendo no cargo por 17 anos. De lá, em 1987, foi para Ralph Lauren ficando dois anos, antes de sair aos 40 para abrir sua própria boutique de noivas. 

    PRIVILÉGIOS FAMILIARES

    Se formar em diversas graduações, entrar na Vogue como editora ainda jovem e abrir seu ateliê em um dos quarteirões mais caros do mundo é para poucos. Engano seria se contassem que ela conseguiu isso por mérito próprio. Mesmo talentosa e por ter conseguido conquistar noivas por todo o hemisfério norte, a família Wang foi a principal investidora dos negócios da filha. Sua mãe, Florence Wu, atuava como tradutora nas Organizações das Nações Unidas, enquanto seu pai, foi dono de uma grande empresa de medicamentos e presidente de corporações de petróleo. O investimento inicial na carreira da filha era para se tornar membro da equipe olímpica dos EUA, mas como não conseguiu, ela desistiu para entrar no mundo da moda. 

    Vera Wang em 1995

     

    ESTRELATO

    Por entender que havia uma lacuna no mercado de luxo voltado para noivas nos Estados Unidos, Vera usou seu know how adquirido por anos de trabalho e estudos para abrir sua primeira loja em Nova York. Com os contatos adquiridos por trabalhar com moda e pelos eventos em família, a marca cresceu e ganhou cada vez mais espaço na mídia. Pense em client idols como Sarah Michelle Gellar, Victoria Beckham, Avril Lavigne e família Kardashian. Para ficar melhor e fechar essa lista de chave de ouro: Michelle Obama. Deu para ter uma dimensão do tamanho da estilista, né? Um fato interessante é que, por aqui, uma de suas criações fez uma pontinha em uma novela. Alexia, personagem de Carolina Ferraz em Avenida Brasil (2012) vestiu um vestido de noiva minimalista e moderno combinado com um batom vermelho. 

     

    EXCENTRICIDADE

    Hoje, aos 75 anos, Vera Wang é pouco reconhecida pelas novas gerações pelas suas criações ou pela surpreendente história de uma ex-bailarina que avançou rapidamente na carreira da moda. O que chama a atenção são as peculiaridades que ganham manchetes nos veículos de comunicação, especialmente os de moda.

     

    Imagine uma residência palaciana clássica reformada para parecer uma casa futurista. Lá dentro, você encontrará cerca de 17 televisores sintonizados em reality shows e incontáveis guarda-roupas. Se isso não for suficiente, o que bate recorde de cliques é a dieta baseada em McDonald ‘s, donuts e vodka que ela mesma afirma ter ajudado no envelhecimento.

     

    Falando em envelhecimento, não podemos deixar de mencionar as fotos ultrajoviais em que ela usa roupas modernas em poses esculturais, mostrando estar bem consigo mesma. Outro segredo para a saúde e beleza eterna, segundo sua entrevista ao Page Six, é nunca parar de trabalhar e sempre se manter ocupada: “Básicamente, trabalhei toda a minha vida, então é realmente uma questão de trabalho. Acho que o trabalho mantém você jovem e estimulado. Trabalho muitas horas, criei duas filhas. Acho que manter-se ocupado é o melhor antídoto para uma boa saúde.”

    Apesar de sempre aparecer nas redes sociais e veículos de comunicação por conta de suas declarações e fotos, Vera já declarou que espera ser lembrada pelo seu trabalho: “Fico lisonjeada que as pessoas pensem que envelheci bem, mas esse nunca foi o meu objetivo. Vivemos um momento em que muito se fala sobre o meu envelhecimento. Só espero que isso não substitua o meu trabalho”, comentou.

    Não deixe de ver
    NIINI celebra aniversário da fundadora Carol Celico com nova coleção
    Bella Hadid: Couro, Cintura baixa e Corsário
    Mongólia surpreende com uniformes olímpicos inspirados em vestimenta tradicional
    Ariana Grande é a nova embaixadora da Swarovski
    Supreme é vendida para a EssilorLuxottica por 1,5 bilhão
    Botas de pata cavalo de Alexander McQueen chegaram as lojas
    Curiosidades sobre Gianni Versace
    Os CEOs da moda
    A crise na Nike: queda brusca nas ações, demissões e críticas dos clientes
    Giorgio Armani: o legado e impacto do estilista italiano na história da moda
    FFW