16.07.2018 / Arte / por

A nova empreitada de Wes Anderson passa longe do cinema

Wes Anderson e Juman Malouf no Museu Kunsthistorisches / Reprodução
Wes Anderson e Juman Malouf no Museu Kunsthistorisches / Reprodução

Aqui no FFW somos fãs de Wes Anderson. Já falamos sobre seus filmes, campanhas de moda, tumblrs e até sobre os perfis de Instagram dedicados ao seu universo estético.

Desta vez, vamos falar sobre mais um trabalho do cineasta, porém não se trata de um novo filme e sim de uma exposição. Mas Wes não saiu pintando quadros por aí; essa é uma empreitada bem diferente.

Anderson e sua esposa Juman Malouf foram convidados pelo curador Jasper Sharp para “embaralhar” todos os tesouros do Kunsthistoriches Museum, na Áustria, o mais prestigioso museu do país. E por tesouros, ele quer dizer joias da coroa, antiguidades gregas, múmias egípcias, pinturas de grandes mestres antigos, coleções de instrumentos históricos, armas e armaduras, entre outras raridades. A mostra ganha nome que parece de filme: The Spitzmaus Mummy in a Coffin and Other Treasures.

Em um vídeo postado no site do museu, o curador não entrega exatamente o que vai acontecer, mas dá um teaser (veja abaixo). Certamente será uma maneira do público ver o acervo do museu de uma forma totalmente diferente, mas considerando que é Wes Anderson na direção, será muito mais que isso. O diretor ficou conhecido por sua estética com filtro vintage e suas locações e cenografias escolhidas a dedo, em um dos trabalhos mais fortes de curadoria no cinema.

Em 2012, o museu passou a convidar personalidades da cultura para interagir com o espaço. Começou com o artista Ed Ruscha e em 2016 o artista e escritor britânico Edmund de Waal.

A libanesa Juman Malouf é formada em Artes Aplicadas e História da Arte e já escreveu, ilustrou e criou para teatro, cinema e moda. Recentemente, lançou seu primeiro livro de ficção The Trilogy of Two e nas ilustrações do livro vemos muita similaridade com o universo de Anderson. Os dois realmente falam a mesma língua e será interessante ver o resultado desse trabalho conjunto.

The Spitzmaus Mummy in a Coffin and Other Treasures entra em cartaz em novembro e fica até abril 2019. De lá, segue para Veneza, onde será exposta na Fundação Prada para coincidir com a Bienal de Arte e o Festival de Cinema.


Relacionadas


Veja Também

Assine a Newsletter do FFW

Receba semanalmente no
seu e-mail nossos conteúdos
especiais e exclusivos

×