01.04.2019 / Business / por

Check out: Nova ferramenta do Instagram é boa para quem vende e para quem compra

Check out, a nova ferramenta do Instagram / Reprodução
Check out, a nova ferramenta do Instagram / Reprodução

Acontece com todo mundo. Um dia você clica num produto que gosta, mas não chega a concluir a compra. Minutos depois esse mesmo item aparece no seu feed nas redes sociais e na forma de anúncios em qualquer site que entrar. Essa inteligência de colher nossos dados (polêmica) e de analisar todos os nossos passos online em tempo real deu às marcas novas possibilidades de capturar e engajar consumidores.

E se há um aplicativo que tem se focado em desenvolver novas possibilidades para ampliar os negócios de moda, é o Instagram. Especializado em tudo o que é visual, ele se tornou um lugar para as pessoas pesquisarem e descobrirem novas marcas. Afinal de contas, é um dos primeiros apps que abrimos logo de manhã, onde deixamos o tempo passar à caminho do trabalho ou da faculdade, nossa companhia quando almoçamos sozinhos e também a última coisa que olhamos antes de dormir. Que empresa não vai querer um pedaço desse negócio?

No ano passado, a plataforma deu as marcas a possibilidade de venderem seus produtos a partir do feed através da ferramenta Insta Shop. Porém, para finalizar a compra, o consumidor tem que sair do ambiente do Instagram e é aí que muitas das vendas caem porque não chegam a ser concretizadas. A conta é fácil: quanto menos passos você tiver que dar para finalizar uma compra, mais gente irá completar o processo – mas não é assim que acontece, nós acabamos desistindo no meio.

Para solucionar a questão, o Instagram está lançando um novo modelo de compras dentro do aplicativo, adicionando uma ferramenta de Check Out. Você terá seus dados de cartão de crédito e endereço armazenados na plataforma e concluirá sua compra em poucos cliques. “Adoro fazer compras, mas pelo celular é um saco”, diz Ashley Yuki, diretora do Instagram que cuida do segmento de compras. “O número de passos necessários para comprar algo pelo celular é muito incômodo e você acaba desistindo”.

Yuki diz em uma entrevista ao Recode que 130 milhões de pessoas clicam em tags de produtos todos os meses, ou seja, ignorar esse potencial é fechar os olhos para uma grande oportunidade. Por enquanto a ferramenta está sendo usada somente por 15 marcas parceiras, como Burberry, Nike, Adidas, M.A.C. e Michael Kors e deve ser implementada por cada vez mais grifes.

Criar novas facilidades em que todos saem ganhando é hoje o maior ativo do Instagram: as marcas saem ganhando, os consumidores idem e o aplicativo então, nem se fale. Ele fica com uma porcentagem da venda e os dados coletados na transação podem ser usados para complementar os negócios de publicidade do Facebook (dono do Instagram).

É uma excelente notícia para marcas de todos os tamanhos, inclusive as pequenas e independentes que fizeram no Instagram seu principal – muitas vezes único – endereço. Há milhares de grifes no Brasil e no mundo que têm um engajamento tão forte no aplicativo que abrir uma loja física não faz parte de seus planos. Nessa única plataforma, podemos visitar e participar de mundos diversos que vão de mel de abelha e sabonetes artesanais a pequenas marcas sustentáveis e grandes grifes de luxo. A mágica é que muita coisa no Instagram é aspiracional, mas também acessível e isso tem gerado ótimos resultados: um terço dos usuários da plataforma já comprou algo a partir do Instagram.

Outro ponto que aproxima quem vende de quem quer comprar, é que muitas das imagens que vemos são criadas especialmente para o aplicativo: em vez das fotos uniformes e caretas com fundo branco dos catálogos tradicionais e e-commerces, vemos mais diversidade, vida e propósito (a palavra que vai guiar o comportamento das empresas daqui para frente).

As marcas mais desejadas do Instagram

A Lyst, plataforma de buscas por marcas de moda, incluiu em sua pesquisa no fim do ano passado os 10 Insta-brands de 2018. “Para nomear e classificar as marcas mais procuradas do Instagram, monitoramos os picos na demanda de busca correlacionados às menções e marcas do app durante todo o ano de 2018″, explica o report.

Em primeiro lugar aparece a marca de tênis Veja (240 mil seguidores), que tem a proposta de ser a mais sustentável marca de calçados do mundo (e foi recentemente usada por Meghan Markle em uma viagem para a Austrália).

Outra febre do aplicativo é a Réalization Par (400 mil +), que nomeia suas peças homenageando modelos e celebs. Tem o The Naomi, The Christy, The Cher, The Devon, The Kaia, entre outros modelos de vestidos, que já foram usados por Alexa Chung e Bella Hadid.

A dinamarquesa Gani tem lojas na Escandinávia, mas é um hit no Instagram com mais de 500 mil seguidores. “O Instagram se tornou a melhor ferramenta de descobertas para quem gosta de moda”, diz seu diretor criativo Ditte Reffstrup. “Você pode simplesmente se deparar com uma marca enquanto vê os feeds, mas o negócio é que, hoje, quando alguém fala sobre uma marca que você não conhece, você vai direto pro perfil do Instagram e não para o site oficial”.

E isso é verdade. Num universo com mais de um bilhão de usuários ativos, a prática de curadoria e busca por novidades acabou por transformar o Instagram no lugar mais eficiente para da descoberta de novos produtos. Um estudo recente do Facebook, com 21 mil usuários de 13 países, mostra as razões pelas quais as pessoas gostam de navegar pelo app:

Segundo pesquisa, o Instagram ajuda as pessoas com / Reprodução
Foto: Reprodução

“Não há melhor forma de falar com consumidores atuais e futuros”, diz Sarah Staudinger, co-fundadora de outro perfil hit, a marca Staud, que também entrou na lista do Lyst. Sua bolsa Shirley virou uma it-bag do Insta após ter sido postada por Eva Chen, diretora de parcerias de moda da plataforma.

Para quem tem um bom produto e consegue aplicar seus ideais como marca em uma imagem forte e convidativa, o Instagram tem se firmado como uma plataforma estratégica. No fim, é mais uma ação para fazer com que os usuários fiquem cada vez mais tempo dentro do aplicativo. é onde você encontra seus amigos, se sente em uma comunidade, mostra seu lifestyle, protesta, pega receitas, tem aula de maquiagem, vê conteúdos novos em audiovisual, se diverte com gifs e agora, faz suas compras nesse mais novo shopping center.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×