05.05.2017 / Cinema / por

Em Nova York, Screen Tests de Andy Warhol serão exibidos em cinema no mês de maio

Jane Holzer, uma das musas de Andy Warhol ©Reprodução
Jane Holzer, uma das musas de Andy Warhol ©Reprodução

Em 1972, o Quad Cinema abriu suas portas como o primeiro multiplex de Nova York, em Greenwich Village, com quatro salas de cinema no mesmo complexo. Um de seus frequentadores assíduos era ninguém menos que Andy Warhol e são trabalhos dele que estreiam a nova parede de 32 telas do cinema, recém-reinaugurado depois de uma super reforma e re-branding.

Filmados nos anos 60, no auge da Warhol Factory, os Screen Tests consistem numa série de filmes mudos, muitos deles sem cortes, retratando figurinhas assíduas da Factory, celebridades, amigos do artista ou qualquer pessoa em que ele enxergasse um chamado star potential. Bob Dylan, Lou Reed, Nico, Dennis Hopper, Allen Ginsberg, Jonas Mekas, Susan Sontag,… Warhol filmou com sua câmera Bolex 16mm mais de 500 testes, mas nem todos foram exibidos ou até mesmo preservados. Quando fazia alguma mostra, compilava apenas alguns de acordo com o público que assistiria aos filmes, como “as 13 mulheres mais bonitas”, “os 13 garotos mais bonitos”, “50 personalidades”.

A partir de hoje, durante todo o mês de maio, 32 desses testes estarão em exibição no paredão de telas do Quad Cinema, assim como uma cópia restaurada do longa Ciao! Manhattan, estrelado pela musa de Warhol, Edie Sedgwick.

Cinefilia em NYC

A reinauguração do Quad faz parte do que parece um momento de renascença das salas de cinema independentes em Nova York, com a abertura do Metrograph, no Lower East Side, e do Alamo Drafthouse – spot favorito de Quentin Tarantino, em Austin, TX -, no Brooklyn, recentemente. Além dos Screen Tests de Warhol no grid, a programação do Quad neste mês inclui uma série de filmes que capturam a experiência de imigração nos EUA – de O Homem que Caiu na Terra, estrelado por David Bowie, a uma cópia restaurada em comemoração aos 100 anos de O Imigrante, de Charles Chaplin; uma retrospectiva da atriz Goldie Hawn; e o programa permanente First Encounters, em que artistas, cineastas e gente cool da cena cultural nova-iorquina selecionam um filme ao qual nunca assistiram antes para ver em sessão aberta ao público, como a exibição de As Lágrimas Amargas de Petra von Kant, no dia 31.05, escolha da wunderkind da moda e editora do site Rookie, Tavi Gevinson.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×