09.01.2020 / Comportamento / por

Assista a Fragile, documentário que serve como rede de apoio à comunidade LGBTQIA

@Cortesia
@Cortesia

O fotógrafo paraense Fagner Damasceno, 30, lançou o documentário Fragile, para promover um lugar de acolhimento e uma rede de apoio virtual para pessoas que precisam de mais esclarecimentos sobre vivências LGBTQIA.

Através de depoimentos de pessoas trans e participação do próprio Fagner, o curta mostra os momentos delicados pelos quais podem passar pessoas da comunidade e os momentos de crise, dor e preocupação. Mas ele também inspira revelando processos individuais de autodescoberta e como el@s vão se empoderando através do tempo e de experiências. “Vendo tantas pessoas que amo passando por momentos tão delicados, onde a saúde emocional é a primeira vítima do preconceito, cada vez mais vi que se tornava imprescindível reunir histórias inspiradoras de vida que servissem como um referencial aos LGBTQI que vivem momentos de crise, para que se crie um sentimento de esperança”, conta Fagner.

Vale lembrar que o Brasil está no topo da lista dos que mais cometem crimes de ódio contra a comunidade LGBTQIA. “Nossa preocupação nos levou a criar o documentário como uma forma de levar informações necessárias não apenas as novas gerações, mas também de abrir um diálogo com as famílias”, explica o diretor, que assina o trabalho com os parceiros Diogo Santoro e Fernando Menna Barreto.

Assista ao doc Fragile abaixo:


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×