02.09.2019 / Comportamento / por

Dior é criticada por se apropriar da cultura nativa americana em campanha do perfume Sauvage

Johnny Depp na nova campanha do perfume Sauvage / Reprodução
Johnny Depp na nova campanha do perfume Sauvage / Reprodução

Após Dolce & Gabbana, Gucci, Prada e Versace, é a vez da Dior entrar na mira do público por conta da nova campanha de seu perfume masculino Sauvage.

A Dior postou neste fim de semana o filme com Johnny Depp (veja abaixo), que a marca chama de uma “jornada autêntica e profunda na alma do nativo americano em um território sagrado e secular”. Muitos dos seguidores começaram a deixar respostas e a postar no Twitter acusando a marca de apropriação cultural. Os posts da Dior foram apagados (estão somente na @diorparfums), causando ainda mais antipatia e exigências de um pedido formal de desculpas.

O anúncio mostra um performer dançando à batida de um tambor e uma narração que diz “We are the land. Dior”. Trata-se de Canku Thomas One Star, membro da tribo Rosebud Sioux. A atriz nativa americana Tanaya Beatty também participa do filme. Depp pode ser visto com um chapéu de cowboy e a aparência que nunca mais conseguiu se livrar desde Piratas do Caribe.

No release oficial da campanha, a Dior explica que “assim que começamos a evocar imagens e símbolos dos nativos americanos neste novo filme, a Dior, o diretor Jean-Baptiste Mondino e Johnny Depp decidiram imediatamente entrar em contato com consultores nativos americanos que são cidadãos de Comanche, Isleta e Taos Pueblos e a nação Pawnee, com anos de experiência no combate à apropriação cultural e na promoção da inclusão autêntica”. 

A marca também conta que trabalhou ao lado da agência Americans for Indian Opportunity, que aprovou o conteúdo completo do filme, do roteiro e locação ao figurino.

View this post on Instagram

Even wilder than before, Johnny Depp is at one with nature, reconnecting with a land where boundaries are made to be pushed. • #diorparfums #diorsauvage #johnnydepp

A post shared by Dior Parfums (@diorparfums) on

Mas parece que os esforços da Dior em fazer algo sem a conotação de apropriação não foram suficientes. A própria atriz Tanaya Beatty levou a conversa para o Instagram, opinando e explicando sua participação na campanha. Em vez de apoio (afinal, ela tem lugar de fala na questão), Tanaya foi muito questionada por ter participado e endossado o anúncio.

 


View this post on Instagram

I am inspired by the conversation happening in our community and beyond and want to participate in it #sauvagedior

A post shared by Tanaya Beatty (@tanayabeatty) on

Assista ao filme completo abaixo:


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×