09.08.2018 / Comportamento / por

Primeiro festival feminista do Brasil acontece neste domingo em São Paulo; veja a programação

Djamila Ribeiro, uma das participantes do festival / Reprodução
Djamila Ribeiro, uma das participantes do festival / Reprodução

Uma boa dica para quem estiver em São Paulo neste domingo é ir à primeira edição do #FestivalAgoraÉQueSãoElas, que acontece na Unibes Cultural a partir das 10h. Com realização do coletivo homônimo e curadoria da autora e roteirista Antonia Pellegrini, a programação do primeiro festival feminista do Brasil inclui debates, exposição, poesia, cinema e música com participação de grandes mulheres.

A começar pela atração principal, a escritora inglesa Mary Beard, a “mais amada intelectual britânica”, segundo o The Guardian. Mary está com um livro recém lançado no Brasil, o “Mulheres e poder: um manifesto”, em que contextualiza o debate sobre o silenciamento feminino a partir de seu vasto conhecimento do mundo antigo e atual. É a primeira vez que ela vem ao Brasil.

Outros nomes confirmados são o da filósofa Djamila Ribeiro, a escritora Heloisa Buarque de Holanda e a ativista Eliana Souza e Silva, que participarão de mesas cujos temas serão focados no cenário nacional, tais como: “Patriarcado à brasileira – como se formou a estrutura patriarcal no Brasil”, “Lugar de mulher é na política – o grande desafio do feminismo no século XXI: a disputa de poder”, “Rompendo o teto de cristal: janela de oportunidade ou meritocracia?” e “A Margem no centro: lutas identitárias são lutas humanitárias – como alargar nosso sentido de humanidade?”. A pré-inscrição para assistir e participar das mesas está esgotada, mas fique ligadx, novos lugares serão disponibilizados para quem estiver presente, por ordem de chegada.

Já a exposição tem curadoria de Luisa Duarte e Pollyana Quintella, que convidaram artistas da cena audiovisual: Anitta Boa Vida, Caroline Valansi, Cibelle Cavalli Bastos, Luisa Brandelli, Marcela Cantuária e Virginia de Medeiros, cujas obras dialogam e questionam, de forma crítica cada uma à sua maneira, a condição da mulher na contemporaneidade.

A autora britânica Mary Beard / Reprodução
A autora britânica Mary Beard / Reprodução

A mostra de filmes vai expor obras feitas somente por mulheres, com curadoria da plataforma Hysteria (que vale muito seguir). O público também poderá participar no espaço Lugar de Fala, onde mulheres que tem o que dizer terão até 6 minutos para apresentar suas ideias – as melhores irão para o blog do coletivo.

No que diz respeito ao som, haverá performance de Preta Rara e Bia Ferreira. Além disso, o festival também conta com a feira de roupas plus size Popload Lab, de Flávia Durante, espaço com customização de tênis Nike e food trucks.

Com o tema Poder, o evento tem entrada gratuita e é resultado do trabalho que o coletivo vem fazendo nas redes sociais. “A proposta do ciclo é trazer à tona importantes discussões e aspectos dos debates sobre poder e igualdade de gênero. Nós queremos fortalecer mulheres para disputarem poder. Nas empresas, nos condomínios, nas igrejas, nas escolas, na política, na cultura”, diz Antonia.

Programe-se:

Abertura dos portões: 10h
Exposição: 10h às 18h
Mostra de filmes: 10h às 18h
Lugar de fala: 12h às 18h
Mesas de debate: 12h às 16h45
Masterclass: 17h às 18h30
Show de encerramento: 18h30

Serviço
UNIBES Cultural
Onde: Rua Oscar Freire, 2500
Quando: 12 de agosto, das 10h às 18h30
Mais informações: festiva.aeqse.org.br


Relacionadas


Veja Também

Assine a Newsletter do FFW

Receba semanalmente no
seu e-mail nossos conteúdos
especiais e exclusivos

×