24.10.2019 / Comportamento / por

Trans power: em novo livro, escritora oferece nova perspectiva sobre a identidade trans

O livro recém lançado Trans Power, de Juno Roche / Reprodução
O livro recém lançado Trans Power, de Juno Roche / Reprodução

A escritora Juno Roche acaba de lançar mais um livro, Trans Power – Own Your Gender, que vem na sequência de Queer Sex, que aborda a sexualidade para trans e não binários.

Em Trans Power, Juno entrevista personalidades como a escritora Kate Bornstein, o artista Travis Alabanza, a drag Glamrou (que também conta em livro a história de como conseguiu criar sua persona drag vivendo no Iraque) e a modelo Josephine Jones, que representam algumas das pessoas trans e não binárias mais ativas no mundo hoje, fazendo filmes, palestras, criando movimentos ou escrevendo artigos para veículos renomados, como o de Glamrou que você pode ver abaixo para a revista do The Observer.

Devido a esse enquadramento, muitas das conversas se concentram nos órgãos genitais, no sexo e no desejo das pessoas trans de uma maneira muito emocional e honesta, juntamente com as críticas aos binários de gênero, patriarcado e barreiras estruturais para as pessoas trans.

Através desses encontros, a autora explora a ideia de trans enquanto identidade e analisa como o movimento pode ser libertador para todos nós. A própria Juno foi vítima de ataques homofóbicos e também diagnosticada em HIV e, com este livro, faz um apelo urgente à mudança, oferecendo uma nova perspectiva sobre a identidade trans.

Juno tem um jeito direto e honesto de escrever, o que não significa que também não seja bem humorado e acolhedor. O leitor consegue se sentir bem vindo em uma conversa íntima e profunda sobre o que significa ser trans. O livro tem recebido elogios superlativos, como “brilhante” e “empoderador” por ativistas da comunidade LGBTQ+ e muitos escritores que também trabalham com o tema têm enaltecido o livro. “Trans Power é uma pausa, um portal para buscadores e criadores da libertação”, diz a escritora Andrea Lawlor. Já Charlie Graggs, ativista e autor de To My Trans Sisters, diz que o livro “realmente capta a diversidade da experiência trans – leitura essencial para pessoas que querem entender melhor as pessoas trans ou para as pessoas trans que tentam entender melhor a si mesmas”. 

A Trans Power certamente faz jus ao seu nome: um livro empoderador, ousado e inovador que encorajará as gerações vindouras

O livro foi lançado na Inglaterra (na Amazon sair por US$ 18) e por enquanto não há previsão de edições escritas em português. Mas para quem dominar a língua inglesa, vale a leitura tanto para trans e não trans. Vivemos numa época em que as pessoas trans no mundo estão tão sob ataque político ao mesmo tempo em que também criam correntes de afeto e proteção para poderem viver e se expressar em segurança.  Trans Power proporciona um desses espaços para conversas sutis e a oportunidade de ouvir um grupo diversificado de pessoas trans em suas próprias palavras.

Para complementar, aqui tem um palestra de Travis Alabanza no TEDx com o tema: “Quem pode ser uma vítima?”.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×