28.02.2020 / Cultura pop / por

Space age, produtor de hits, anos 80 e pop grudento: tudo sobre Stupid Love, novo clipe de Lady Gaga

Saiu hoje o novo single de Lady Gaga, “Stupid Love”, acompanhado de um videoclipe com direção deDaniela Skill, que já dirigiu clipes para Sia, Paul McCartney, Phoenix e Placebo e videos para marcas como Alexander McQueen e Dior.

A música é a primeira nova após o lançamento de Joanne, em 2016, e do blockbuster A Star is Born. Gaga trabalhou com o produtor Max Martin, que ajudou a emplacar vários hits para Ariana Grande, Taylor Swift e Britney Spears. Segundo ela contou à Dazed, eles fizeram a música em apenas um dia de trabalho. Como é de se esperar, o resultado é super pop e é essa vibe dançante e de pop grudento que deve nortear o álbum todo, que ainda não tem data de lançamento e deve se chamar Chromatica. “A música será divertida e energeticamente muito pura. Quero que as pessoas dancem e sejam felizes”.

 

Mas o clipe mal estreou e e já está dividindo opiniões nas redes. Ele se passa num deserto cenográfico e futurista com montanhas de cristais onde Gaga e sua turma dançam dividida por blocos de cor. A direção de moda é de Nicola Formichetti e styling da espanhola Marta del Rio, que encomendou uma armadura de metal rosa para a designer Laurel Dewitt, conhecida como “The Metal & Chain Queen”.

No Instagram, colaboradores da cantora chamam sua estética nova de pop punk, intergalactic punk ou pink punk, irritando quem realmente se interessa pelo movimento punk e o que ele significou. Um comentário inocente de Formichetti, por exemplo, tem dezenas de replies falando que nem música nem a estética são punks, que eles não sabem do que estão falando, etc.

Parece que estamos vendo um filme dos anos 80, o que dá uma sensação de ser algo trash e barato demais para o tamanho de Lady Gaga, em uma época em que temos visto trabalhos lindos e inovadores em video feitos por Beyoncé, Solange, Bjork, Rosalia, só para citar alguns nomes, o novo clipe de Gaga deixa a desejar – bem provável que essa estética tenha sido proposital. É fato que combina com a música, feita em apenas um dia de trabalho. Aqui não estamos vendo uma música ou um video para quebrar barreiras ou deslumbrar, apenas um hit pop com a intenção de derrubar as paradas, algo que Gaga não faz há alguns anos (tirando o juntos e shallow now, mas este é um projeto cinematográfico e não de sua carreira solo). Parece que ela está meio perdida em meio a novas cantoras surgindo, como Billie Eilish, que tem uma sonoridade totalmente oposta a esse estilo de pop que vemos em Stupid Love.

Vamos aguardar e ver o que ela tem na manga para seu próximo álbum.

 

 

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×