A Obsessão da Moda com os Idols do K-Pop

A grifes de luxo estão obcecadas com os Idols do K- Pop, e, sinceramente, não é uma surpresa.

RM, SUGA, JIMIN, JHOPE, V E JIN, DO BTS PARA A LOUIS VUITTON
RM, SUGA, JIMIN, JHOPE, V E JIN, DO BTS PARA A LOUIS VUITTON

Moda e música sempre andaram juntas, então não deveria vir como uma grande surpresa que agora a moda está obcecada com os astros do K-Pop (assim como nós). Os Idols, como são chamados, têm conquistado contratos recheados como embaixadores das principais marcas de moda e beleza no mundo e o mais recente foi o grupo BTS. Nesse artigo, te contamos o porquê disso, e quais grifes já tem um Idol como embaixador para chamar de seu. 

A Ásia como o foco

A Ásia é, atualmente, o maior consumidor de luxo do mundo. Em 2019, o continente era responsável por 62% do consumo global de moda no mundo (sendo 38% apenas da China, 9% do Japão e 15% a outros países do Leste Asiático ) e estima-se que esse número vai chegar a 75%, sendo 50% apenas da China, segundo pesquisa de Erwan Rambourg e da Vogue Business. A Ásia também viu um aumento no consumo de luxo do ano passado para esse, sendo uma das principais regiões responsáveis pela recuperação econômica dos principais conglomerados de moda, incluindo LVMH, Kering e Hermès. 

A Coreia do Sul, berço do K-Pop, é significantemente um país menos populoso que a China e Japão e apesar de se manter estável enquanto um forte consumidor de moda e de beleza, não é o maior mercado consumidor da Ásia.

Então por que a escolha pelos Idols doK-Pop? A verdade é que ninguém parece conseguir conciliar tão bem a admiração e os fãs das diferentes nacionalidades do Leste Asiático e ainda ser extremamente influente no Ocidente como os Idols. 

O K-pop em números e influência

Para colocar isso em números, os países que mais escutam o gênero são: Japão, Indonésia, Filipinas, Estados Unidos e Brasil – sim, à frente da própria Coreia do Sul. A influência desses artistas em outros países é tanta que não faltam regravações e versões em Chinês, Japonês ou Inglês dos principais hits doK-Pop. Apenas 10% do consumo de Kpop vem da Coreia do Sul e, segundo uma pesquisa do BLIP, o BTS tem a maior parte de sua audiência no Youtube, 30,6% vinda dos EUA e 27% na Europa, ao passo que o Blackpink em 19% da sua audiência distribuída entre os países da Ásia. O engajamento dos Idols nas redes sociais também é assustador, mesmo fandoms tipicamente entendidos como grandes, como os de Beyoncé e Taylor Swift, são infinitamente menos representativos nas redes sociais que os chamados Kpop Stans. 

O K-Pop não é um fenômeno recente (inclusive falamos dele em 2014), e já é parte integral da economia da Coreia do Sul, mas tem cada dia mais demonstrado sua influência e audiência em nível global. “Apesar da pandemia contínua, os consumidores coreanos ainda estão obcecados por produtos de luxo”, afirmou o site coreano Bizwire esta semana, apontando para a demanda duradoura dos consumidores da geração millennial e da geração z, que juntas contribuíram para gerar vendas que atingiram US $ 12,5 bilhões no ano passado.

Por isso, não demorou para que os contratos de grandes grifes européias interessadas na influência desses artistas chegassem. Abaixo, destacamos alguns deles:

BTS

Anunciado na última sexta-feira (23.04) a boyband BTS é a mais nova banda de  embaixadores globais da Louis Vuitton. Em menos de 24 horas após a marca anunciar em seu Instagram a novidade, o post que anuncia a novidade já havia ultrapassado 950 mil likes e 30 mil comentários. Para efeito de comparação, isso é o dobro do engajamento que a soma das seis postagens sobre o desfile masculino mais recente gerou.

Para a parceria, é esperado que RM, Jin, SUGA, J-Hope, Jimin, V e Jungkook colaborem com a marca em alguns projetos especiais e se apresentem sempre vestidos de Louis Vuitton.

BTS, AGORA EMBAIXADORES DA LOUIS VUITTON VESTINDO LOOKS DA COLEÇÃO DE VIRGIL ABLOH PARA A MARCA. FOTO: CORTESIA
BTS, AGORA EMBAIXADORES DA LOUIS VUITTON VESTINDO LOOKS DA COLEÇÃO DE VIRGIL ABLOH PARA A MARCA. FOTO: CORTESIA

BLACKPINK

O grupo, um dos mais populares do K-pop e, com especial influência no Ocidente (o girlgroup foi headliner do Coachella em 2019) é o que angaria mais contratos com grandes marcas de moda e de beleza. 

Jennie é embaixadora global da Chanel.

Jennie em How You Like That | Reprodução Instagram
Jennie em How You Like That | Reprodução Instagram

Lisa, conhecida inclusive como “Sold-Out Queen” por esgotar basicamente todas as peças que usa, é embaixadora global da Celine, Mac Cosmetics e um dos rostos da joalheria Bvlgari. 

Lisa de Celine | Reprodução
Lisa de Celine | Reprodução

Jisoo é embaixadora global da Dior e desde então faz aparições públicas vestida com peças assinadas por Maria Grazia Chiuri.

Jisoo em Campanha da Dior | Divulgação
Jisoo em Campanha da Dior | Divulgação

Rosé tem contrato global com a Saint Laurent e, mais recentemente, foi anunciada como embaixadora da joalheria Tiffany & Co. 

Rosé para Tiffany Co. | Divulgação
Rosé para Tiffany Co. | Divulgação

ITZY:

O girlgroup inteiro foi anunciado recentemente como embaixadoras da Maybelline.

ITZY para Maybelline NY | Divulgação
ITZY para Maybelline NY | Divulgação

KAI:

O solista e integrante do grupo EXO é rosto global da Gucci, tendo, inclusive, lançado uma coleção em colaboração com a marca neste ano.

Kai para Gucci | Divulgação
Kai para Gucci | Divulgação

AESPA

O grupo de meninas foi a escolha da Givenchy, sob criação de Matthew Williams.

Aespa para Givenchy | Divulgação
Aespa para Givenchy | Divulgação

Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×