25.04.2019 / Moda / por

Após cinco edições no SPFW, a capixaba Borana encerra com ótimo desfile o projeto Top 5

Look do desfile da marca Borana / Agência Fotosite
Look do desfile da marca Borana / Agência Fotosite

Colaborou Guilherme Meneghetti

Aconteceu hoje o encerramento do projeto Top 5 no SPFW. A iniciativa, uma parceria do Sebrae com o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod), busca inserir pequenas negócios no circuito da moda ao oferecer uma consultoria 360º e acompanhamento de um grupo multidisciplinar que auxilia todo o processo, desde a estruturação das coleções e produtos, formatação de preço e relacionamento com fornecedores à construção da imagem e comunicação. Cinco marcas de todo o Brasil participaram desse processo ao longo de 18 meses e apresentaram suas coleções nas últimas cinco edições do SPFW, aproveitando a projeção e visibilidade que a semana de moda proporciona.

Para fechar esse ciclo, o projeto elegeu a Borana, marca capixaba de beachwear para apresentar sua coleção no SPFW N47. “Esse foi o desfile mais desafiador e, ao mesmo tempo, o que fiquei mais tranquila”, conta a diretora criativa, Patiara Aguiar. “Foi muito aprendizado e evolução ao longo do processo. Nunca tinha feito um desfile antes, minha estreia foi no SPFW. Imagina! Não sabia como funcionava o processo. Contei com a ajuda de uma galera fera que estava por trás do projeto e que foi muito importante pra esse crescimento”.

Para ela, o resultado pôde ser visto em todos os aspectos, da visibilidade e parcerias aos pontos e aumento de vendas – hoje a marca conta com três lojas físicas no Espírito Santo, está presente em multimarcas em São Paulo, Rio de Janeiro e Fernando de Noronha, exporta para Portugal e Japão, além do e-commerce. “No começo, confesso que tinha um pouco de receio em ousar e a minha cliente, que é de praia, não entender bem esse conceito. Mas, não! Elas amaram e queriam exatamente o look que estava na passarela, daquele mesmo jeito. Foi aí que comecei a me dar conta que estávamos no caminho certo”.

Seu desfile final mostra com clareza a enorme evolução da marca em termos estéticos, no sentido de agregar mais valor de design. Patiara se inspirou nos anos 70 e no reggae e faz um ótimo trabalho trazendo texturas rústicas para sua moda praia, que está mais para resort com tantos bons complementos, muito além do beachwear. Destaque para o trabalho artesanal que permeia a coleção, como o crochê de malha e patchwork. Lindos os looks que traziam cestas nas cabeças das modelos, fazendo um cross entre o artesanato brasileiro e o visual rastafari. O verão da Borana, daqui para frente, certamente estará em muitas praias, piscinas, cidades litorâneas e – por que não? – nas calçadas também.

+ Veja a coleção completa aqui

Entre os planos da marca está a abertura de uma loja no Rio e uma em Portugal, onde a marca tem sido bem recebida.

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×