Trend Report: As 10 principais tendências da moda masculina para o verão 2022/2023

Nossos editores apontam as principais tendências das passarelas internacionais

trend-report-menswear-vera%cc%83o-2023-ffw

Por Augusto Mariotti, Camila Yahn,  Gabriel Fusari e Guilherme Evangelista

A temporada masculina internacional de moda mal acabou e podemos afirmar que o que se definia até pouco tempo como moda masculina ficou para trás. Com as fronteiras entre os gêneros mais invisíveis, marcas e designers estão cada vez mais interessados em propor o que seria a nova masculinidade, mais fluida e livre de padrões.

Algumas tendências da temporada brincam com imaginários, fetiches, cores extravagantes, shorts ultra curtos e corpos à mostra, apelando à todas as possibilidades do ser masculino. Conheça as 10 tendências mais quentes que apontamos das coleções internacionais:

HUMAN NATURE

etro, louis vuitton, paul smith, dior, kenzo, giorgio armani, loewe
etro, louis vuitton, paul smith, dior, kenzo, giorgio armani, loewe

As referências à natureza brotaram (literalmente) nas passarelas da temporada. Conjuntos de estampas de florais e folhagens aparecem de maneira inusitada nesta temporada, deixando Miranda Priestly boquiaberta. A Loewe leva menção honrosa por seu experimento de trazer a natureza viva em suas roupas, como por exemplo casaco com grama natural que brota de suas tramas.

REI DO GADO

casablanca, thom browne, dries van noten, prada, givenchy, vtmnts, msgm
casablanca, thom browne, dries van noten, prada, givenchy, vtmnts, msgm

Arra! Do campo à cidade, o look cowboy é a melhor moda do momento, mas não necessariamente o look todo. Algumas referências desse universo são evocadas em looks mais urbanos e casuais. A proposta dos designers é mesclar os dois universos na produção, como MSGM fez ao combinar chapéu de montaria e calça oversized com sneaker e camisa branca. Givenchy fez algo semelhante, ao trazer para um look totalmente street, um cinto com fivela grande e a Prada combinou a bota de salto e bico fino a shorts ultra curtos e tops gráficos.

AMARELO

giorgio armani, walter van bierendonck, loewe, rick owens, moschino, zegna, louis vuitton
giorgio armani, walter van bierendonck, loewe, rick owens, moschino, zegna, louis vuitton

O amarelo foi personagem importante na paleta de cores das várias marcas. A cor mais quente de todas, brilhou em suas várias tonalidades, da mais fechada à mais reluzente. A Louis Vuitton, por exemplo, não contente em utilizar ter a cor em casacos e conjuntos, pintou todo o cenário de amarelo canário. O protagonismo fica para jaquetas e acessórios que emplacaram o tom com maestria, intercalando entre nuances mais escuros ou mais chamativos.

SHORTS DE COURO

prada, amiri, egonlab, loewe, john elliott, moschino, jw anderson
prada, amiri, egonlab, loewe, john elliott, moschino, jw anderson

A sensação da última estação foram as calças de couro, mas o hit desse verão são os shorts de couro. Na Prada, o shorts curtíssimo de couro ganha zíper duplo. J W Anderson apresentou um modelo em couro estonado rústico e mais longo. Já a Amiri propõe o shorts de couro mais amplo em tom rosa lavado.

LISTRAS VERTICAIS

versace, dries van noten, amiri, wales bonner, givenchy, thom browne, rhude
versace, dries van noten, amiri, wales bonner, givenchy, thom browne, rhude

As listras verticais estão de volta. Seja como estampa ou textura, elas podem alongar a silhueta. A Versace trouxe a padronagem estampando um terno completo à la Miami Vice. Dries Van Noten, por outro lado, usou as proporções de listras diferentes, mais finas emcima e mais grossas na parte inferior. 

COLETE

craig green, prada, dries van noten, rhude, giorgio armani, dior, marcelo burlon county of milan
craig green, prada, dries van noten, rhude, giorgio armani, dior, marcelo burlon county of milan

Conhecida peça de ternos, os coletes já não se limitam apenas ao traje de gala e ganham protagonismo em versões casuais e utilitárias. A peça apareceu em diversos shapes e materiais, desde o clássico modelo da Giorgio Armani até ao colete em matelassê de Craig Green. Quebrando paradigmas, Prada trouxe um colete de couro vestido ao contrário, com o zíper nas costas e fivelas de ajuste na cintura.  

TRICÔ

prada, marine serre, amiri, louis vuitton, dior, kenzo, dsquared
prada, marine serre, amiri, louis vuitton, dior, kenzo, dsquared

Há tempos, o tricô deixou ser uma peça ligada as estações frias e passou a marcar presença nos verões, feitos com fios tecnológicos, tramas mais finas, pontos vazados e super irreverentes. Marine Serre apresentou um conjunto monocromático de calça e blusa, em uma estética boho e confortável. A Dior trouxe estampou a obra de Duncan Grant no tricô, dando um toque artístico. Para quem tem receio de usar um casaco de tricô e parecer que pegou emprestado da vovó, Prada mostra que com a camiseta mais descolada e o sapato certo, o look pode funcionar para as noites frescas de verão. 

REGATA

lukhanyo mdingi, versace, dries van noten, giorgio armani, rock owens, dior, fendi
lukhanyo mdingi, versace, dries van noten, giorgio armani, rock owens, dior, fendi

Peça que muitos amam odiar, a regata voltou de vez. Seja com gola mais alta ou mais cavada, o ítem é peça necessária para enfrentar o verão. Rick Owens trouxe o modelo híbrido onde a alça e o corpo são duas peças que podem ser usadas separadamente, deixando o torso totalmente à mostra. Já Versace apresentou a regata-maiô, vazado nas laterais e costas e justíssima, enquanto Dries Van Noten aposta no corte mais larguinho e street. 

PATCHWORK

dries van noten, amiri, yohji yamamoto, marine serre, john elliott, dsquared, comme des garçons shirt
dries van noten, amiri, yohji yamamoto, marine serre, john elliott, dsquared, comme des garçons shirt

Prática antiga de costurar retalhos que voltou às timelines no início da pandemia, o patchwork agora sai dos feeds para para as passarelas. Yohji Yamamoto trouxe a imagem que se tem quando se pensa em patchwork, mas ela não é apenas uma técnica rústica de retalhar a peça. John Elliott propos uma calça com retalhos da variantes do tom verde.  Marine Serre, em sua linha Regenerated junta pedaços de couro reciclados, enquanto Dries Van Noten fez um patchwork moderno ao juntar tiras de estampas diferentes em camisas e calças. 

JORTS

louis vuitton, givenchy, amiri, dsquared, msgm, fendi, martine rose
louis vuitton, givenchy, amiri, dsquared, msgm, fendi, martine rose

Não podemos mentir que essa é a tendência pela qual nenhum de nós esperava. E de tão surpreendente, ela já ganhou até nome: Jorts. O termo junta jeans + shorts já está sendo usado para se referir às bermudas jeans de barra mais longa, algumas delas até abaixo do joelho. A peça apareceu com acabamentos desfiados e com bolsos utilitários, como na System e Givenchy respectivamente. 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×