Casa Chama de acolhimento LGBTQIA+ lança Boutique com marcas de moda

_mg_2646_easy-resize-com

A Casa Chama, casa de acolhimento LGBTQIA+, lança nova iniciativa para arrecadar fundos e continuar gerando independência para pessoas transvestigêneres. A Boutique Casa Chama reúne marcas aliadas para criar um espaço para comercialização de peças de moda, acessórios e objetos selecionadas pela curadora Indra Haretrava, hospedada na plataforma do Enjoei. 

Uma seleção de peças foi feita pelas marcas parceiras através da doação de peças  exclusivas de desfiles, criações desenvolvidas exclusivamente para a loja,  coleções antigas e peças pilotos. Dentre as marcas participantes estão: Aluf, André Betio, Another Place, Amapô, Bobinex, Cartel 011, Dani Cury, Estúdio de Design Papelaria, Flávia Madeira, Iorane, LIVO, Paeteh, Paola de Orleans e Bragança, Tommy Hilfiger,  Von Trapp e NK Store.

“A importância deste espaço está para além da comercialização dos produtos, pois  reconhecemos as criações artísticas como tecnologias aliadas às nossas transições de  gênero. Sabemos que roupas em nossa sociedade, por exemplo, são códigos de  imagem que auxiliam nossos próprios processos de reconhecimento e sobretudo da  forma como a sociedade cisgênera e binária lê nossas identidades e expressões.” contam as organizadoras do projeto.

Além do lançamento da boutique, que aconteceu no último dia 07/12, a Casa Chama tem uma série de outras iniciativas e formas de contribuir com a ONG, como o Calendário LGBTQIA+. O calendário reúne personalidades e histórias  representadas por cada mês do ano de 2022, um lembrete à sociedade para dizer que  existimos todos os dias do ano e não somente no mês em que são destinadas doações  para nós, como o mês de junho e a visibilidade LGBTQIA+.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×