05.11.2019 / Moda / por

Christopher John Rogers: o que você precisa saber sobre o vencedor do CFDA/Vogue Fashion Fund

Christopher John Rogers, 25, estilista da Louisiana venceu o CFDA/Vogue Fashion Fund 2019, na cerimônia que aconteceu segunda a noite em Nova York. Rogers levou o grande prêmio de US$ 400 mil (em torno de R$ 1.600.000,00) para investir no seu negócio, além de um ano de mentoria. “Esta é a manifestação física das orações e sacrifícios de meus antepassados. Deus, o universo, minha família, minha equipe, os jurados. Obrigado, sem parar”, escreveu em um post no Instagram após o anúncio.

Christopher tem pouquíssimo tempo na moda. Formou-se não faz muitos anos e apresenta suas coleções há apenas três temporadas e somente nesta, do Verão 2020, fez sua estreia na passarela da semana de moda de Nova York. Na primeira fila, estavam os estilistas Kerby Jean-Raymond (Pyer Moss), Diane von Furstenberg (para quem Rogers trabalhou) e Joseph Altuzarra.

Kaia Gerber em look de Christopher Rogers para a Vogue de novembro / Reprodução
Kaia Gerber em look de Christopher Rogers para a Vogue de novembro / Reprodução

Em setembro, ele desfilou 35 looks em cores vibrantes com padronagens brilhantes e divertidas, estampas gráficas, florais no estilo dos anos 80, xadrez, metalizados… As silhuetas também eram diversas, de ternos de cetim a vestidos de babados e peças volumosas. O público aplaudiu de pé por muitos minutos e em alguns reviews, como o da Vogue US e o do Fashionista, diziam ter sido um momento histórico e que simboliza os novos ares que estão tomando conta da moda.

Talvez seja exatamente essa receita, de fazer uma moda festa mais ousada, exuberante e divertida, que tem deixado ele em evidência. Porque, de certa forma, as roupas de noite, quase sempre, foram associadas a um glamour e a uma elegância que hoje podem parecer fora do tempo. Rogers faz peças de festa, mas uma festa bem humorada – cheias de volume, babados, tule – com looks que ocupam espaço e prendem o olhar.  

View this post on Instagram

It’s an incredible privilege and honor to have been chosen to create a look for one of the most galvanizing, self-assured, and distinguished individuals of our time. Michelle LaVaughn Obama in a custom iridescent cyan #christopherjohnrogers fully tailored suit with @swarovski buttons for the final evening of her Becoming book tour in Nashville, Tennessee (on Mother’s Day no less)! Thank you @MeredithKoop for noticing the work that we do and for trusting us to bring this vision to life. Also, thank you to my incredible team for the extra hours that you put in to make this moment happen.

A post shared by Christopher John Rogers (@christopherjohnrogers) on

Antes mesmo de sua primeira coleção, Cardi B apareceu usando um casaco de seu desfile de graduação. E neste ano, duas grandes mulheres vestiram suas peças: Rihanna e Michelle Obama.

Ao receber o prêmio das mãos dos modelos Alton Mason e Ashley Graham, Rogers agradeceu a seus pais e também ao seu time, dizendo que, mesmo que todos tenham outros trabalhos de tempo integral, eles conseguiram ajudá-lo a terminar essa coleção. Essa é a realidade da maior parte dos jovens designers no mundo inteiro. Ao ganharem prêmios de grande destaque, vestirem celebridades e desfilarem em semanas de moda, poucos sabem como aquilo acontece e o “se vira nos 30” que está por trás de um trabalho assim, com equipes formadas por amigos ou pessoas que compartilham de uma mesma visão do mundo; pessoas que têm outros trabalhos e topam virar a noite e trabalhar nas horas vagas por um propósito maior. No caso de Rogers mais do que os aplausos finais no desfile a recompensa chegou com esse prêmio que certamente o ajudará a dar o próximo grande passo para sua marca. Ficaremos de olho e ne expectativa.

Assista ao desfile de estreia de Christopher Rogers completo abaixo:


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×