FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade
    Conheça Chitose Abe, a inteligência e sensibilidade por trás da Sacai
    Conheça Chitose Abe, a inteligência e sensibilidade por trás da Sacai
    POR Camila Yahn
    Sacai Paris - Inverno 2015

    A estilista Chitose Abe, da Sacai ©Agência Fotosite

    Marca: Sacai

    Fundada em: 1999 (feminino) e 2009 (masculino)

    Estilista: Chitose Abe, Diretora Criativa e Presidente da Sacai

    Idade: 50 anos

    Background: Trabalhou com Junya Watanabe e Rei Kawakubo na Commes des Garçons durante oito anos.

    Personalidade: Abe é uma mulher forte e determinada a criar um novo capítulo na história da moda japonesa. Ela resolveu criar a Sacai (seu nome do meio) após o nascimento de sua primeira filha, quando se viu usando o “uniforme” pós-maternidade, composto por jeans, suéter e tênis. Casada com Junichi Abe, fundador da Kolor, ela trabalha o dia todo e cozinha para sua família. Jovem mãe e empresária iniciante, teve suporte e orientação de Rei Kawakubo.

    Desde então, ela se inspira nas necessidades do dia a dia de mulheres como ela, que têm família e trabalham full time, mas seu processo criativo é empurrado pela inovação, fazendo peças básicas e usáveis, mas cuidadosamente construídas. “Gosto do que é clássico e tradicional, mas sobreposta a algo novo e fresco”, conta a designer. Na coleção feminina, as peças são fortes sem necessariamente parecerem masculinas.

    Outro ponto que mostra como Abe tem conseguido colocar sua marca entre as mais desejadas do momento, está o fato dela respeitar o tempo das coisas. Esperou 10 anos para abrir sua primeira boutique até que tivesse condições para isso e estivesse satisfeita com o espaço, o bairro, todos os detalhes. “Minha filosofia é fazer as coisas direito e não rápido”, disse. Independente como designer e como empresária, é dona de 100% do seu negócio e vem crescendo com maturidade e saúde, construindo a marca que tem cada vez mais potencial para virar um fenômeno.

    Abe não é avessa a entrevistas, como Junya Watanabe e Rei Kawakubo, mas aprendeu com eles a energia para criar novidade e a habilidade para ter um equilíbrio entre criação e negócios. Há algum tempo sua marca ostenta um status de cult entre os fashionistas e Chitose é regularmente elogiada por nomes importantes da indústria, como Anna Wintour, Karl Lagerfeld e Suzie Menkes.

    Especial Streetwear

    + Dos atletas aos estilistas e celebridades: a invasão dos tênis na moda

    + Peças-chave do streetwear que entraram no guarda-roupa casual

    + Shooting: Black Boots

    + Veja as coleções femininas e masculinas

    Estilo da marca: A Sacai mostra uma nova fase do japonismo, com roupas mais usáveis ao mesmo tempo em que são únicas e atemporais. Não é um equilíbrio fácil. Ela se inspira nas ruas e no dia a dia de homens e mulheres urbanos focando, como boa japonesa, na construção de uma silhueta inovadora, que traz ecos do streetwear. As roupas têm tecidos sofisticados e tecnológicos, texturas e técnicas experimentais, mas no fundo, partem de peças clássicas, de necessidades reais no nosso guarda-roupa. “Tento fazer algo moderno. Todos sabem o que é uma biker jacket, mas nós adicionamos mais detalhes”, disse ao “South Morning China Post”.

    Por exemplo, a primeira roupa que fez foi uma que uniu a camisa ao suéter em uma peça só. Ela lançou um conjunto de cinco modelos em 1999 e essa foi sua primeira coleção. Quando viu, estava tirando pedidos com o bebê no colo.

    No masculino ela ainda vai mais fundo no street e muitas roupas chegam a ser mais desejáveis que as femininas, com uma atitude de descompromisso com peças oversized.

    Este ano, lançou uma parceria Verão 2015 com a Nike Lab, que transforma elementos esportivos em high fashion.

    Onde desfila: semana de moda de Paris

    Onde vende: Tem uma loja em Tóquio desde 2011, projetada por Sou Fujimoto, arquiteto conhecido pela simplicidade e que já desenhou um dos pavilhões da Serpentine Gallery, em Londres. Em mais de 100 pontos de venda, como Selfridges, Dover Street Market, Le Bon Marché, Barneys New York e Saks Fifth Avenue; e online em sites como Farfetch e Net-A-Porter.

    Citações: “Nossas criações atraem mulheres que querem se sentir empoderadas pelas roupas, mas não têm a necessidade de vestir power suits”, disse ao site Dazed Digital.

    “Não há nada mais prazeroso do que ver alguém que não é da moda usando minhas roupas na rua”, disse ao Style.com

    “Faço roupas como um business, não como uma artista. O fato de eu ser ao mesmo tempo estilista e presidente da Sacai é a razão mais importante da marca poder se manter livre”, disse à Sarah Mower

    “Business não é apenas aumentar as vendas. Precisa-se de criatividade em como você estrutura o seu negócio também”, disse ao Fashionista

    “Tenho 12 funcionários, mas ainda faço tudo eu mesma: pagamentos, ir ao banco…”, disse ao Wall Street Journal

    “Hoje em dia, ninguém desenha para mulheres como eu”, diz ao South Morning China Post

    Quem usa: Gwyneth Paltrow, Pharrell Williams, Emma Watson, Lupita Nyong’o e Rihanna

    Curiosidade: Ela lançou um livro este ano, o “Sacai: A to Z”, com textos de Sarah Mower e Tim Blanks, um trabalho bem pessoal que dá acesso ao seu mundo e ao seu processo, ilustrado com 200 fotografias e ilustrações. Compre aqui

    Site e Instagram: sacai.jp  @sacaiofficial

    + Leia a mesma matéria com Junya Watanabe

    Não deixe de ver
    NIINI celebra aniversário da fundadora Carol Celico com nova coleção
    Bella Hadid: Couro, Cintura baixa e Corsário
    Mongólia surpreende com uniformes olímpicos inspirados em vestimenta tradicional
    Ariana Grande é a nova embaixadora da Swarovski
    Supreme é vendida para a EssilorLuxottica por 1,5 bilhão
    Botas de pata cavalo de Alexander McQueen chegaram as lojas
    Curiosidades sobre Gianni Versace
    Os CEOs da moda
    A crise na Nike: queda brusca nas ações, demissões e críticas dos clientes
    Giorgio Armani: o legado e impacto do estilista italiano na história da moda
    FFW