10.11.2020 / Moda / por

Dona da North Face anuncia a compra da Supreme por 2,1 bilhões de dólares

captura-de-tela-2020-11-10-as-09-26-14

A VF Corp., dona da North Face and Vans, anunciou a intenção de fechar a compra da Supreme por US $ 2,1 bilhões para reforçar seu portfólio de marcas de roupas e calçados em transação em dinheiro, que deve ser concluída até o final do ano. Depois disso as ações da empresa de Denver deram o maior salto em 33 anos.

O negócio acontece em um momento em que o setor de moda foi gravemente afetado pela pandemia do Covid-19. Ainda assim, a Supreme com sua estratégia de drops semanais de novos produtos e colaborações frequentes, continua sendo uma joia na indústria por causa de seu culto entre os jovens millennials e da Gen Z.

“Nos últimos quatro anos estivemos em uma jornada para evoluir nosso portfólio e realmente nos alinhar com onde vemos o mercado e, mais importante, o consumidor indo”, disse o presidente-executivo da VF, Steve Rendle, em uma entrevista.

A VF disse na segunda-feira que a marca Supreme aumentará modestamente sua receita e ganhos ajustados por ação no ano que termina em março de 2021. No ano fiscal seguinte, a Supreme deve contribuir com pelo menos $ 500 milhões de receita e 20 centavos de lucro ajustado por compartilhamento.

A Supreme foi fundada por James Jebbia em 1994. Tanto Jebbia quanto seu time  permanecerão na marca e continuarão a ter controle criativo. Atualmente a marca tem 12 lojas em cidades como Nova York, São Francisco, Paris e Tóquio e Los Angeles.

“Essa parceria manterá nossa cultura e independência únicas, ao mesmo tempo que nos permitirá crescer no mesmo caminho que temos seguido desde 1994”, disse Jebbia em um comunicado.

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×