17.10.2020 / Moda / por

Japan House reabre com exposição do estilista Tomo Koizumi; veja imagens e entrevista

A retomada das atividades no Brasil chegou às instituições de arte. A Japan House São Paulo reabre sua sede física na avenida Paulista a partir do dia 20.10 com duas exposições bastante especiais: O fabuloso universo de Tomo Koizumi e Japonésia (do jovem fotógrafo Naoki Ishikawa).

Tomo Koizumi é um jovem designer japônes que ganhou visibilidade mundial em fevereiro do ano passado quando a stylist e editora Katie Grand teve contato com o trabalho dele e armou de última hora um desfile na loja de Marc Jacobs durante a NYFW e teve a atriz de Game of Thrones, Gwendoline Christie desfilando o look final. As imagens dos extravagantes e volumosos vestidos de organza japonesa colorida tomaram as redes sociais e os principais veículos de moda pelo mundo.

Agora treze peças especiais do designer chegam à instituição e serão instalados no piso térreo.

Tomo falou com o FFW por email sobre seu trabalho em entrevista que você lê abaixo.

O que você gostaria que os brasileiros soubessem sobre seu trabalho?

Eu quero que os brasileiros saibam que meu trabalho é sobre paixão por cores e alegria.

A moda deve refletir a realidade ou fazer as pessoas sonharem?

Acho que precisamos de ambos. Precisamos de roupas que possamos usar, mas também de vestidos de sonho, mesmo que não os usemos normalmente.

Como a stylist e editora Katie Grand conheceu seu trabalho?

Através do Instagram. O estilista Giles Deacon, amigo dela, me achou no Instagram primeiro e apresentou meu trabalho pra ela.

Quem são suas maiores referências na moda e porque?

Eu não consigo escolher apenas um. John Galliano, Jean Paul Gaultier, Christian Lacroix, Alexander McQueen. Eles são verdadeiros inovadores. O trabalho deles têm uma forte singularidade e ainda assim são muito femininos.

Como você vê o futuro da criação de moda?

Eu realmente não sei sobre o futuro da moda, mas acredito que as pessoas vão mais priorizar a singularidade, não apenas o bom gosto.

O que você diria para os aspirantes a estilistas do amanhã?

Tente ser um designer único. Não desista antes de tentar, tudo leva tempo. Insista no seu negócio por muito tempo.

Já a segunda exposição, mostrará o trabalho do jovem fotógrafo Naoki Ishikawa, considerado um dos artistas mais relevantes no cenário atual da fotografia no Japão e será instalada no segundo andar.

A Japan House oferecerá uma oportunidade única aberta à todos, na segunda-feira, 19.10 às 19hs de uma visita virtual guiada pela exposição pelo canal do Yout Tube.

Já a abertura para o público, seguindo criterioso protocolo sanitário para oferecer proteção, conforto e o espírito de omotenashi aos visitantes e colaboradores acontece no dia 20.10.

Reabertura Japan House São Paulo (Fase Verde)

Dia 20 de outubro, 2020

Avenida Paulista, 52

Horário de funcionamento: Terça-feira a domingo

Horário: das 11h às 17h

Entrada livre e gratuita

Informações e reserva online antecipada


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×