25.04.2019 / Moda / por

Modelos afrodescendentes são recordistas de desfiles no SPFWN47

Amira Pinheiro para Borana, do Top 5, no SPFW N47 | © Sergio Caddah/ FOTOSITE
Amira Pinheiro para Borana, do Top 5, no SPFW N47 | © Sergio Caddah/ FOTOSITE

Por Rodolfo Vieira

Ainda faltam dois dias até o encerramento do SPFWN47, mas já podemos afirmar que a modelo recordista desta temporada é a maranhense Amira Pinheiro, 23. Representada pela Way Model, Amira possui idade quase igual ao número de desfiles que pegou nesta semana: 22. Ao seu lado, mais cinco meninas que representam bem a diversidade brasileira a acompanham em um ranking que já configura esta edição como a mais inclusiva da semana de moda.

Depois de Amira, temos Samara (16 desfiles), Sarah Berger e Fernanda Oliveira (13), Rayane Brown (13), Emili Cestari (12) e Mariane Calazan (11), segundo dados coletados com as agências Way, Prime e Joy e a produção do SPFW.

Samara, para Lenny Niemeyer | © Zé Takahashi/ FOTOSITE
Samara, para Lenny Niemeyer | © Zé Takahashi/ FOTOSITE

Sustentado por três pilares – maior inclusão de afrodescendentes, saúde das modelos e sustentabilidade –, o SPFW há tempos se compromete com questões urgentes e necessárias no mundo da moda por meio de um trabalho de conscientização e que tem gerado frutos alinhados ao seu propósito e ao momento que vivemos.

Vale relembrar o desfile de verão da Apartamento 03, de Luiz Cláudio Silva, que construiu um casting 100% formado por por modelos negras.

Em média, cada marca traz um time de 40 modelos para desfilar suas coleções. O resultado que vemos agora, de ter Amira no topo da semana de moda, mostra a importância de construir, conscientizar e dialogar.

Fernando Schenerocke, para Another Place | © Marcelo Soubhia/Fotosite
Fernando Schenerocke para Another Place | © Marcelo Soubhia/Fotosite

No cenário masculino, os meninos que mais desfilaram são Fernando Schenerocke, Iago Santibanez e Marcelo Lima, com oito desfiles cada. Felipe Rocha, recordista da temporada passada, vem com 7 e Ariel Bernardes chega em seguida com seis desfiles.

A moda, como forte espelho da sociedade, muito se atrasou em trazer essa diversidade e representatividade para perto. Esta edição do SPFW já mostra uma realidade diferente, muito mais bonita, com a maior quantidade de afrodescendentes na passarela.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×