Nova Editora da Teen Vogue é Desligada Após Descoberta de Tweets Racistas

Alexi McCammond e seus tweets racistas
Alexi McCammond e seus tweets racistas

Alexi McCammond, que havia sido nomeada editora-chefe da Teen Vogue e sequer havia começado ainda, é desligada do cargo nesta quinta (18.03). O que se deu após a descoberta de alguns tweets de cunho racista, contra a comunidade asiática e amarela, em meio ao movimento #StopAsianHate e toda a onda de racismo contra pessoas asiáticas que tem tomado força nos Estados Unidos.

Para a Teen Vogue, que vem se reposicionando com uma linha editorial progressista, de cunho feminista e antirracista, os tweetes de McCammond, de 2019, não condizem com os valores da publicação. Alexi McCammond seria a terceira editora-chefe negra da publicação.

Post Alexi McCammond's racist tweet outcry, Ulta Beauty pauses Teen Vogue ads | Hindustan Times

Alexi McCammond já havia se retratado a cerca dos tweets e não havia sido destituída do cargo; segundo relatos, Anna Wintour estava convencida a manter McCammond à frente da publicação, acreditando numa mudança de comportamento de Alexi e esperando que tudo fosse esquecido com o tempo.

No entanto, com o aumento da violência contra pessoas asiáticas e o movimento #StopAsianHate, os tweets voltaram a ganhar visibilidade e diversos anunciantes retiraram suas verbas publicitárias da Condé Nast, dizendo que não iriam anunciar nas publicações do grupo, em especial: a Ulta Beauty, que tinha contratos milionários com a Teen Vogue.

Devido à perda de contratos e medo de diminuição das vendas, a Condé Nast finalmente divulgou uma nota com Alexi McCammond, onde anunciavam romper o contrato e o desligamento da jornalista da publicação.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×