23.05.2019 / Moda / por

Prada anuncia que deixa de usar peles de animais a partir da próxima coleção

Look da Prada / Reprodução
Look da Prada / Reprodução

O Grupo Prada anunciou que não utilizará mais peles de animais em seus projetos ou novos produtos, a partir das coleções de Verão 2020. O estoque com peles será vendido apenas até que as quantidades sejam esgotadas.

“O Grupo Prada está comprometido com a inovação e a responsabilidade social, e uma política livre de peles – alcançada após um diálogo positivo com a Fur Free Alliance, em particular com a LAV e a Humane Society dos Estados Unidos – é uma extensão desse engajamento”, disse Miuccia Prada. “O foco em materiais inovadores permitirá à empresa explorar novos limites do design criativo, atendendo à demanda por produtos éticos”.

“A Fur Free Alliance aplaude o Prada Group por decidir não fazer mais uso de peles”, disse Joh Vinding, presidente da Fur Free Alliance, coalizão de mais de 50 organizações de proteção animal de mais de 40 países. “O grupo agora se une a uma lista crescente de marcas livres de peles que estão respondendo às mudanças de atitude dos consumidores em relação aos animais”.

Outras marcas como Gucci, Versace, Margiela, Burberry e Tom Ford já pararam de usar pele animal.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×