Próxima semana de Alta Costura tem sinal verde para desfiles físicos

Evento está marcado para acontecer entre 5 e 8 de Julho em Paris

valentino-act-collection-models-finale

A semana da Alta Costura em Paris foi liberada para a realização de desfiles físicos ao mesmo tempo que a França se prepara para uma reabertura gradual das atividades. Esse primeiro momento já seria um indicativo de uma volta às semanas de moda próximas do que conhecemos, para a temporada de setembro. Até mesmo o estilista americano Kirby-Jean Raymond da Pyer Moss, que participará como estilista convidado, já demonstrou interesse em fazer um evento físico ainda sem revelar muitos detalhes. A Chanel confirmou que planeja fazer um desfile com convidados, no Palais Galliera.

“Dependendo da evolução da situação sanitária, os eventos físicos poderão receber os convidados de acordo com um protocolo de saúde específico e obedecer a medidas determinadas pelas autoridades públicas” diz um comunicado divulgado nesta terça-feira, 11.05 pela Fédération de la Haute Couture et de la Mode (FHCM), organizadora do calendário francês de desfiles. Se as condições permitirem até mesmo a Paris Fashion Week masculina, marcada para 22 à 27 de junho acolherá desfiles físicos.

A pandemia de coronavírus virou o calendário de moda e dos desfiles física de ponta cabeça e impediu que a maioria das marcas ficasse sem realizá-los por mais de um ano, adiando algumas das mais esperadas novidades como o retorno da Balenciaga (agora confirmado), à Alta Costura, 53 anos após a despedida do couturier espanhol Cristóbal Balenciaga de sua marca e a coleção de Chitose Abe da Sacai para Jean Paul Gaultier, a primeira de uma série de criativos convidados após a aposentadoria do fundador em janeiro de 2020.

A Semana da Alta Costura está marcada para acontecer entre 5 e 8 de julho na capital francesa. A Federação informou que publicará o calendário provisório no início de junho e confirmou que os desfiles continuarão sendo transmitidos digitalmente para alcançar o maior número de pessoas possível.

As casas qualificadas para usar a denominação de Alta Costura são Adeline André, Alexandre Vauthier, Alexis Mabille, Bouchra Jarrar, Chanel, Christian Dior, Frank Sorbier, Giambattista Valli, Givenchy, Jean Paul Gaultier, Julien Fournié, Maison Margiela, Maison Rabih Kayrouz, Maurizio Galante, Schiaparelli e Stéphane Rolland, enquanto os membros “correspondentes” incluem Atelier Versace, Elie Saab, Fendi Couture, Giorgio Armani Privé, Iris Van Herpen, Valentino, Ulyana Sergeenko e Viktor & Rolf.

Os membros convidados desta temporada são Pyer Moss, Aelis, Azzaro Couture, Balenciaga, Charles de Vilmorin, Christophe Josse, Georges Hobeika, Imane Ayissi, Julie de Libran, Rahul Mishra, RVDK Ronald Van Der Kemp, RR331, Vaishali S, Yuima Nakazato e Zuhair Murad.

+ Os nomes que dão novo sentido à Alta Costura

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×