Moda e música: Rider reúne artistas do hip-hop nacional em nova campanha

Ebony, MC Igu, Yunk Vino e Clau sãos os rostos da campanha Flow Colors

Na ordem: Clau, Yunk Vino, Ebony e MC Igu
Na ordem: Clau, Yunk Vino, Ebony e MC Igu
*branded content

A música e a moda andam juntas já não é de hoje e, principalmente nas últimas décadas, a influência do Hip-Hop sobre a moda (e vice-versa) é imensurável. Desde os anos 90, com a ascensão do rap e dos estilos desses rappers, até mais recentemente com o trap e o funk – aqui no Brasil. Hoje em dia os grandes nomes da cena são os artistas do trap e do rap nacional.

Foram exatamente estes nomes que a Rider convidou para protagonizar a campanha da nova coleção Flow Colors e expressarem sua relação entre moda e música. Nesta coleção, os calçados da marca são reimaginados e repaginados em novas cores outonais, para combinar com a nova geração do Hip-Hop que vêm protagonizando a cena e a campanha. Esses nomes são Ebony, MC Igu, Yunk Vino e Clau.

Não tem como falar de hip hop sem pensar num estilo de se vestir. Não tem como falar de rock sem pensar num estilo de se vestir. Acho que são coisas que se contemplam e se completam. Eu, pelo menos, vejo assim na minha vida pessoal.” conta Ebony, uma das protagonistas da campanha da Rider. 

A campanha da coleção Flow Colors, reimagina a relação da marca com a música e com o universo do Hip-Hop, com o qual sempre interagiu, vestindo artistas do gênero de diferentes gerações com seus calçados.

“A gente, que já era da música, já consumia Rider antes, já tinha essa conexão. E a marca convidar a gente, incluindo a gente nessas paradas, nessa campanha, querendo a gente de alguma forma, faz outras marcas olharem pra gente com mais carinho e ver que a gente não é aquele marginal maluco que eles acham” pontua o rapper Yunk Vino.

A carioca Ebony estrela a nova campanha da Rider
A carioca Ebony estrela a nova campanha da Rider

Outra protagonista da campanha é a carioca, Ebony, de apenas 22 anos, é um dos mais proeminentes novos nomes da cena do trap e rap nacionais. “Estilo é uma extensão do que eu tô sentindo. Durante muito tempo não foi acessível a escolha do que vou vestir.” conta a artista, sobre sua relação com a moda “Eu tenho muitas referências. Na minha forma de me vestir, eu gosto de me manter muito brasileira. Gosto muito de representar as mulheres que eu vejo no dia a dia, a pessoa que eu fui quando eu ‘tava’ lá pegando ônibus. Porque isso também é estilo, uma forma de se sentir, de se expressar. Eu fico nessa mistura de ser roqueira, rapper e extremamente favelada e eu misturo tudo isso“. 

“Porque agora as pessoas tão percebendo, por dinheiro ou não, que o estilo de favela, do funk, não é feio, muito pelo contrário. Então agora a gente tá vendo coisas que a galera de favela sempre usou, mas agora tá chegando no ápice” – Ebony

Clau estourou em 2018 com o Hit Pouca Pausa e agora estrela a campanha Flow Colors, da Rider
Clau estourou em 2018 com o Hit Pouca Pausa e agora estrela a campanha Flow Colors, da Rider

Dona do hit Pouca Pausa, Clau estourou no cenário nacional em 2018, focando no estilo R&B e Pop. Como artista, suas principais referências são nomes como Rihanna, Lady Gaga, além de se inspirar no universo das drag queens, do streetwear e do hip-hop, uma versatilidade que é também refletida em seu estilo musical, “Juntar tudo isso com a forma que eu tô me sentindo no dia, se eu quero ser mais feminina ou mais despojada. Cada dia eu tô me sentindo de uma forma e a ocasião também vai fazer eu escolher meu mood.” conta. 

“Para a gente que vem desse universo — não só da música, mas da arte em geral, seja visual — tudo que é relacionado à criatividade, caminha junto. Quando eu faço uma música, por exemplo, eu já imagino o clipe, uma performance, um show, como eu vou apresentar ela. É como se a música fosse visual também e o estilo carrega isso.” Clau

Parceiros, com algumas colaborações musicais, MC Igu e Yunk Vino já estão acostumados a trabalhar juntos e não escondem a relação importante que a moda desempenha em suas vidas e sua arte, à ver pela música e videoclipe Margiela, lançado em 2021 pelos dois artistas. “Eu, como músico, vejo que a todo momento a gente tá pensando em algo que envolva moda. Ou é uma peça que a gente viu, um show ou clipe que acaba sendo com uma estética de desfile.” conta Yunk Vino, que tem como referências o rapper Lil Uzi Vert, Yung Thug e “Nacional, não, nacional é Yunk Vino”. 

MC Igu para campanha Flow Colors, da Rider
MC Igu para campanha Flow Colors, da Rider

MC Igu corrobora: “Música e moda sempre andaram juntos. Pra mim, então, tem muito a ver isso daí. Com certeza minhas referências musicais se tornam referências de estilo. É um bagulho do dia a dia, a vivência ali que ‘cê’ tem, vai vendo ali, já vai montando seu próprio estilo ali. Pra mim é isso. ”

“Eu tenho que vestir o bagulho e pensar: vão comentar sobre alguma peça que eu tô usando. E quando eu olho e sei que não vou sofrer se eu ficar 3 horas usando esse boot, eu vejo isso também e falo ‘mano, então é isso, tá bonito, tá pra jogo.” Yunk Vino

Yunk Vino para campanha Flow Colors, da Rider
Yunk Vino para campanha Flow Colors, da Rider

Para uma leva de artistas que está constantemente sobre os palcos, viajando e performando para multidões, não apenas o estilo, mas o conforto também importa. É aí que Rider entra, com papetes e sandálias que conferem estilo, hype e conforto a esses artistas. “Muitas vezes a gente já cantou em São Paulo e [o clima] tá fresco e, no dia seguinte, a gente estar no Piauí e ter que cantar de chinelo e bermuda.” conta Yunk Vino, “Agora, com a Rider, nos shows no Nordeste é só as sandalinhas. É bem maneiro pensar em algo diferente em cada show, tentar algo diferente”.

Em uma relação tão intrínseca quanto a de moda a música, como é o papel de marcas como a Rider? Para Yunk Vino, Ebony, Mc Igu e Clau, esse é um papel de suporte, de apoiar os artistas e ajudar a reverberar suas mensagens, ao mesmo tempo que conversando com o público desses músicos com uma mensagem coerente.

“Acho que a movimentação é essencial pra gente estar evoluindo, o pessoal estar envolvido, as marcas estarem envolvidas. Pra gente poder trazer essa mensagem pro público também, de se sentirem bem com eles mesmos, de serem autênticos, originais e fazerem o que acreditam.” opina Clau, “A Rider sempre tá fazendo isso: influenciar positivamente dessa forma, de trazer realmente essa ideia de originalidade, estilo próprio, de ser livre pra ser quem você é.”

Ebony e Yunk Vino concordam: “Eu creio que, pra gente, que já era da música, a gente já consumia Rider antes, já tinha conexão. E a marca estar convidando a gente, incluindo a gente nessas paradas, nessa campanha, querendo a gente de alguma forma, faz outras marcas olharem pra gente” conta ele”. 

Acho a Rider muito foda. Assim que eu conheci a marca, eu saquei que ela ia se conectar com o hip hop. Eu sei que ela sempre fomentou isso, mas eu saquei porque não é algo padrão, não é um bagulho que tu vai encontrar em qualquer lugar, é algo que cê tem que tá influenciado a entender esse estilo de moda, de cultura.” finaliza Ebony. 

Assista ao vídeo de making of da campanha Flow Colors, de Rider:

Quando:

O lançamento da coleção Flow Colors será no dia 19 de abril na loja oficial rider.com.br e nas lojas parcerias BBF, Your ID, Shop2gether e Guadalupe.

este conteúdo é um branded content entre ffw e rider

Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×