Trend Alert: estampas de ilusão de ótica e trompe l’oeil

Vistas primeiro nas passarelas de Jean Paul Gaultier nos anos 90, as estampas trompe l’oeil voltaram com tudo!

design-sem-nome-63

Você deve ter visto, nas últimas semanas, peças com estampas que simulam a silhueta do corpo humano ou criam ilusões de ótica sobre sobre os formatos do corpo, se não foi nos desfiles recentes, certamente foi na TV. No programa Big Brother Brasil, programa que já mostrou seu poder de influenciar as tendências de moda populares nas últimas edições, Jade Picon usou uma peça com esta tendência.

Jade com look Pamela X Shein no BBB | Foto: Reprodução/Globo
Jade com look Pamela X Shein no BBB | Foto: Reprodução/Globo

O body estampado usado por Jade é uma colaboração da estilista Pamela Madlangbayan com a varejista chinesa Shein. A segunda pele, que simula os contornos do corpo como em uma câmera de calor, esgotou em questão de minutos no site e é um dos exemplos de peças com ilusão de ótica, ou o famoso trompe l’oeil (ilusão de ótica, em francês) que tem feito sucesso nas redes sociais.

Quem primeiro popularizou esse estilo de estamparia foi Jean Paul Gaultier – e por isso, o nome em francês. As estampas de ilusão de ótica de JPG estão presentes na marca desde os anos 90, em diversas interpretações: que imitam os formatos do corpo com esculturas gregas e linhas óticas, simulando a própria roupa e também com linhas de diferentes diâmetros que contornam silhueta e busto. Um outro estilo eternizado por Gaultier na mesma técnica de ilusão foi inspiração no trabalho do pintor húngaro Victor Vasarely, um dos expoentes da Op Art.

Estampa de Trompe L'oeil de Jean Paul Gaultier, 1996
Estampa de Trompe L’oeil de Jean Paul Gaultier, 1996

Recentemente, em sua coleção de Inverno 23 para a Y/Project, o designer Glenn Martens reviveu as estampas de trompe l’oeil em parceria com Jean Paul Gaultier. Com uma estética bastante diferente, a Loewe, sob direção criativa da Jonathan Anderson, também apresentou peças com ilusões de ótica e estampas de corpo humano de forma bastante lúdica na última temporada do masculino.

Y/Project Fall 23 Menswear
Y/Project

Uma série de novos designers emergentes também explorado essa estética. É o caso da Syndical Chamber, de Barcelona, que cria estampas realistas e, dentre elas, estampas de corpo humano de diversas formas sobre vestidos e macacões, que tem aparecido nos palcos e videoclipes de artistas e performers como Nathy Peluso, Luisa Sonza, Anitta e Iza.

Anitta com look Syndical Chamber | Foto: Reprodução/Globo
Anitta com look Syndical Chamber | Foto: Reprodução/Globo

A britânica Forbidden Knowledge, que já vestiu nomes como Kylie Jenner e Cardi B, também usa cria as estampas de ilusão de ótica de forma futurista e quase alienígena. Também é o caso da marca berlinense Under My Skin. Já a Argentina Alfin Varon também apresenta já há algum tempo estampas com ilusão de ótica de formas bastante vestíveis e focada no público masculino.

Kylie Jenner de look Forbidden Knowledge | Foto: Reprodução/Instagram
Kylie Jenner de look Forbidden Knowledge | Foto: Reprodução/Instagram

A estampa vem forte e tem se construído com tendência vagarosamente no último ano, até seu boom mais recente na primeira temporada de moda de 2022. Por um lado, o revival do trompe l’oeil pode ter sido alavancado pelo repentino desejo criado em cima das peças vintage de Jean Paul Gaultier, muito trazido pelas celebridades. Por outro, o avanço e acesso a tecnologias de estamparia tem tornado possível que designers ao redor do mundo produzam estampas mais realistas e em altíssima definição, que possibilitam ainda mais a criação dessas ilusões ópticas que brincam com a relação do corpo e roupa, do real e irreal.

Kim Kardashian de vintage Jean Paul Gaultier | Foto: Reprodução
Kim Kardashian de look vintage de 95 com estampa Op Art de Jean Paul Gaultier | Foto: Reprodução

Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×