20.09.2019 / Moda / por

Um texto + um podcast; entrevistamos Angela Brito e Isaac Silva, novos integrantes do SPFW

O SPFW divulgou nesta semana a entrada de dois nomes no calendário. Os estilistas Angela Brito e Isaac Silva são os mais novos integrantes do calendário da semana de moda e estreiam na próxima edição, que acontece de 13 a 18 de outubro no Pavilhão das Culturas Brasileiras, no Parque do Ibirapuera.

O FFW conversou com ambos em formatos diferentes: conversamos com Angela pelo telefone e com Isaac fizemos um podcast que você pode ouvir logo abaixo.  

Angela Brito

Nascida no Cabo Verde, Angela, 44, está há 20 anos no Rio, onde ficou conhecida por sua moda slow, que tem a experimentação e um ritmo mais lento em seu DNA. “É o meu caminhar. Gosto muito do meu tempo e de encontrar novas maneiras de trabalhar minha coleção”, diz em uma conversa por telefone.

Desfile nunca foi o foco de seu trabalho. Angela é daquelas estilistas que busca um desenvolvimento pessoal paralelo ao desenvolvimento de marca. Ela vai aprimorando seu trabalho, olhar e processos a cada coleção e, por isso, o desfile sazonal parecia algo distante e que não cabia a ela por ser uma grife pequena. “Até que, quando já estava mais estruturada, vi que era só uma questão de planejamento”. No ano passado, ela teve uma experiência na Casa de Criadores, suficiente para jogar luz e chamar atenção para seu trabalho. Agora, prestes a estrear no SPFW, ela entra em uma nova fase, em que sua marca ficará mais em evidência e conhecida. “Estou bastante animada e acredito que meu rimo vai mudar em decorrência disso. Meu processo me toma muito tempo, então preciso equilibrar os processos porque também não quero fazer mais de duas coleções por ano. É o meu mínimo e também o meu máximo”.

Por trabalhar de uma maneira mais slow, Angela tem outro processo de criação. Ela cria sobre um tema e cada coleção serve de reflexão para a próxima, de maneira que elas estão sempre conectadas mesmo que diferentes. E antes ainda vem uma pesquisa longa em que ela mergulha fundo no assunto sobre o qual vai trabalhar. “Esta coleção que estou fazendo pro SPFW e a única em que isso não aconteceu. Escolhi falar de um tema que é uma paixão pessoal.  Vou falar do blues não como música, mas como um mood, que é um universo que me fascina muito. É essa maneira de viver, sem muitas regras. Ao falar desse mood, usei os filmes de cineastas como o Les Blank, fascinantes, com uma vivência rica de cores”, conta.

Angela Brito / Reprodução
Angela Brito / Reprodução

Angela chegou ao Rio para fazer faculdade de engenharia e acabou se casando. “No meu país não tem mercado de moda então escolhi um curso difícil”. Ela passou oito anos trabalhando na área, só que fazendo cursos de moda na paralela e juntando dinheiro pra abrir sua marca. E assim nasceu a Angela Brito, em 2013, marca especial que mescla uma alfaiataria que vem do berço cabo-verdiano com a experiência em tecnologia que teve quando trabalhava com engenharia. Adicione aí o fato dela ser uma estilista mulher, estrangeira, africana e negra, vivendo há décadas longe de casa (primeiro em Portugal e então Brasil), e recebendo influências de todas as experiências de ser e estar. “As pessoas buscam me definir ou encaixar, mas a verdade é que nem eu sei”.

Isaac Silva

Isaac Silva / Cortesia
Isaac Silva / Cortesia

O estilista baiano conta sua jornada até aqui, seus desafios, influências e ainda dá uma aula sobre cultura negra e apropriação cultural. Ouça abaixo a conversa de Augusto Mariotti e Camila Yahn com Isaac.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×