16.01.2020 / Moda / por

Undercover: o que você precisa saber sobre o desfile mais atmosférico da temporada

Os desfiles da Undercover sempre foram instigantes, mas de umas temporadas para cá têm se tornado apresentação que ninguém quer perder. A visão de Jun Takahashi vai muito além da moda. Ele inventa narrativas, conta histórias e cria atmosferas para complementar o show a parte que já é a sua coleção.

Após fazer desfiles inspirados nos filmes Laranja Mecânica, Suspiria e 2001: Uma Odisséia no Espaço, Takahashi agora volta a atenção, pela primeira vez, para a cultura de seu próprio país, mais precisamente para o filme Trono Manchado de Sangue (1957), de Akira Kurosawa. O filme é uma versão de Macbeth, de Shakespeare.

O show começa com uma performance coreografada por ninguém menos que Damien Jalet, que criou três momentos de dança que pontuam a apresentação. Jalet tem um extenso currículo. Foi ele quem coreografou o filme Suspiria, de Luca Guadagnino; o curta Anima, de Thom Yorke; o documentário The Ferryman, narrado por Marina Abramivic; além de muitos balés contemporâneos e clipes para musas como Bjork e Florence.

Entre as danças, um casting composto por modelos masculinos e femininos saíam vestindo silhuetas que remetem a um estilo nômade, um mix de quimonos tradicionais (alguns feitos em moletom) com uniforme, roupas para uma pessoa aventureira e errante, porém criadas por um designer japonês – daí o choque de texturas, cores e padronagens que Jun faz tão maravilhosamente bem.

Ao final do desfile o momento certamente mais postado nesta temporada, que você pode ver abaixo – se ainda não viu ; )

 

 


View this post on Instagram

@undercover_lab FINALE Duck, You Sucker!

A post shared by Tim Blanks (@timblanks) on

O desfile completo já pode ser visto no site da marca.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×