VP da Nike pede demissão por ligação do filho com negócio de revenda de sneakers

Ann Hebert, ex-vice presidente de vendas globais da Nike, pediu demissão na última segunda-feira, 01.03, após 25 anos na empresa, devido a uma ligação com negócio de revenda de sneakers de seu filho. 

Joe Hebert, conhecido no mercado pelo nome de “West Coast Joe”, o filho de Hebert, faz parte do mercado multimilionário de revenda de tênis, adquirindo edições limitadas de sneakers da Nike e revendendo, faturando “centenas de milhares de dólares por mês”, segundo relatos. 

O pedido de desligamento de Ann Hebert vem após um relato da Bloomberg, de que seu filho, teria usado o cartão de crédito da executiva para realizar uma compra de tênis para seu negócio de revenda, a West Coast Streetwear. Joe teria comprado mais de 600 pares de tênis e gastado mais de R$100 mil no cartão de crédito de sua mãe, afim de esgotar um tênis de edição limitada e revendê-los. 

West Coast Joe ficou conhecido em 2011, quando, supostamente, teria encontrado 6 pares de Air Mags em um depósito abandonado. Após a matéria da Bloomberg, diversos internautas começaram a suspeitar que a ligação de Ann Hebert com o esquema de revenda do filho possa datar desde esse momento. 

No entanto, segundo um porta-voz da Nike, não houve violação da “política da empresa, informações privilegiadas ou conflito de interesse” de Ann Hebert com o negócio do filho. Mesmo assim, a executiva optou por desligar-se da companhia, que deve anunciar um substituto(a) para o cargo nos próximos dias. 

O resale é um dos segmentos do mercado de moda que mais cresce atualmente, e os famosos “grails” – tênis de edições especiais e/ou limitadas – ocupam o topo do faturamento. Em 2019, estimava-se que o mercado de revenda de sneakers valia cerca de 6 bilhões de doláres mundialmente e 2 bilhões só nos Estados Unidos. 

Os sneakerheads – nome dado aos fanáticos por esses calçados – não parecem ter sido desanimados pela pandemia, e tanto o mercado de tênis quanto o de revenda ainda apresenta crescimento. Estima-se que o resale de tênis possa movimentar até 30 bilhões de dólares globalmente, segundo pesquisa do Cowen Equity Research. 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×