17.01.2017 / Música / por

Jaloo abre a nova temporada do projeto Estéreo MIS nesta sexta

Capa do álbum #1, do Jaloo ©Reprodução
Capa do álbum #1, do Jaloo ©Reprodução

O Estéreo MIS é um projeto do Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, que surgiu em 2011 a fim de estimular a música nacional e independente. Quem abre a nova temporada do projeto, nesta sexta-feira (20.01), é o paraense Jaloo, cantor e produtor que combina tecnobrega com música eletrônica, pop, funk e até carimbó – dança de roda típica do Pará com origem indígena –, em apresentação com a sua banda composta apenas por mulheres.

A essência de Jaloo sempre foi da música independente, uma vez que começou a prestar atenção, ainda na faculdade, no estilo tecnobrega do Pará, ao assistir o documentário Brega S.A., que mostra todo o processo de criação das músicas: totalmente independente. E foi assim que ele começou a carreira, se interessando pelos softwares, pesquisando como funcionam, até começar a criar remixes para artistas brasileiros, como Lucas Santtana, e para cantoras internacionais, como Björk e Rihanna – o remix dessa última, aliás, foi parar no site da Mad Decent, gravadora do Diplo, nome de peso da indústria da música internacional.

Com visual marcante, Jaloo lançou seu primeiro álbum, #1, em 2015, pelo selo StereoMono, da plataforma de conteúdo da Skol Music – o mesmo de Boogarins e Mahmundi.

Ele também tem uma imagem forte e já desfilou para Alexandre Herchcovitch e fotografou para a campanha da Amapô.

Assista ao clipe de Chuva, dirigido pelo próprio, e escrito junto com seu parceiro criativo Vitor Nunes:

Os ingressos estão à venda na recepção do MIS ou no site da Ingresso Rápido.

Serviço

Museu da Imagem e do Som – MIS

Avenida Europa, 158 – Jardim Europa, São Paulo

Data: 20.01, às 21h30

Mais informações em www.mis.sp.org.br.


Relacionadas


Veja Também

Assine a Newsletter do FFW

Receba semanalmente no
seu e-mail nossos conteúdos
especiais e exclusivos

×