23.10.2020 / Música / por

Supernova : 8 novidades da música para descobrir > 23.10

capa de Omar Apollo - Apolonio
capa de Omar Apollo - Apolonio

Por Isadora Almeida 

Sejam bem-vindos ao espaço dedicado à nova música no FFW.
Nos encontraremos toda sexta-feira por aqui com uma seleção dos lançamentos mais legais e interessantes do cenário musical nacional e internacional. Seja um clipe, música ou novo artista que descobri nos últimos dias. Uma curadoria de peças audiovisuais que, de alguma forma, me emocionaram ou chamaram minha atenção, seja pela estética sonora ou visual.

Arlo Parks – Green Eyes

 

Green Eyes é a nova música da cantora inglesa Arlo Parks e ela vem junto do super anúncio do álbum de estreia da cantora. Collapsed in Sunbeams será lançado em 29 de janeiro pela Transgressive Records e deve fazer muito barulho no Reino Unido, já que Arlo é uma das grandes vozes da nova cena de soul, rnb e indie nessa parte do mundo.

A participação delicada da (hoje) gigante do indie e bedroom pop americano, Clairo, nos vocais traz ainda mais elegância aos vocais impecáveis de Arlo. As duas jovens cantoras são assumidamente bissexuais e por isso trechos como “Could not hold my hand in public / Felt their eyes judgin’ our love and beggin’ for blood /I could never blame you darlin’” soam mais honestos e profundos em suas vozes.

Omar Apollo – Apolonio

Apolonio é o novo álbum do cantor norte americano Omar Apollo. Aos 23 anos ele que é nascido em Indiana, mas com pais nascidos no México, traz para o trabalho referências da música mexicana e da música flamenca em faixas como a ótima Dos Uno Nueve (219) sem deixar de mesclar referências contemporâneas do jovem cantor como Frank Ocean e The Internet.

Quem não conhece ainda o trabalho de Omar Apollo vale dar uma olhada nos lançamentos passados como a brilhante faixa Ashamed em que ele invoca traços do icônico Prince com uma facilidade assustadora. Lançamento da Warner Records.

Ilessi – Oração pro Gil

Saiu no começo do mês o quarto álbum da cantora Ilessi, o lindo Dama de Espadas. É a primeira vez que a carioca grava suas próprias canções, além de composições solo ela traz parcerias com Iara Ferreira, Jorge Andrade, Simone Guimarães e Thiago Amud.

Um dos destaques em Dama de Espadas é Oração pro Gil, que Ilessi compôs em 2016 como forma de emanar energias positivas e curativas para o mestre Gilberto Gil, que passava por problemas de saúde. Belíssima faixa.

O lindo trabalho de fotografia e arte da capa (e encarte) foram feitos pelas mãos de Lorena Dini e Giulia Barbero. A beleza ficou por conta de Vale Saig.

 

Claud – Gold

Semana passada a super bombada cantora da cena indie rumo ao pop, Phoebe Bridgers anunciou o lançamento de seu próprio selo chamado Saddest Factory, via gravadora Dead Oceans. Logo depois do anúncio tivemos a deliciosa surpresa de descobrir que a jovem cantora indie Claud é a primeira artista que assinou com o selo.

Scarlett e Easy, em um passado pouco distante, já denunciavam que Claud poderia ter um futuro brilhante. A cantora e compositora do Brooklyn transforma aquela estranheza romântica e melancolia divertida em faixas como Gold, que é o lançamento que inicia essa parceria de Claude na Saddest Factory.

King Princess – Only Times Makes It Human

King Princess volta a cena com o novo single Only Time Makes It Human (lançamento da Zelig Records). A faixa produzida por ela e Mike Malchicoff conta com a co-produção de Mark Ronson e chega com um videoclipe dirigido por Quinn Wilson e animado por Pastelae. Nela um avatar 3D da cantora que está assistindo a verdadeira King Princess executar a música em uma tela de TV.

Essa é a primera nova música da artista nova-iorquina desde o lançamento de seu álbum de estreia em 2019, o excelente Cheap Queen. Em fevereiro, uma edição deluxe do álbum foi lançada, que incluía uma nova faixa chamada Ohio. A cantora está escalada para abrir os shows de Harry Styles na parte europeia da turnê mundial que está remarcada para fevereiro do próximo ano. 

Tagua Tagua – Inteiro Metade

Felipe Puperi é a mente criativa que está por trás do projeto Tagua Tagua que lançou semana passada o álbum de estreia Inteiro Metade. São nove faixas que se misturam entre neo-soul, indie rock e timbres eletrônicos. O trabalho definitivamente mostra uma maturidade do músico que vem lançando músicas desde 2017.

Lançamento independente. Será lançado na Europa pelo selo Costa Futuro e nos Estados Unidos, de maneira independente.

Marrakesh – Trippin’

Marrakesh acerta em cheio com o novo single Trippin. A banda de Curitiba, que vive em São Paulo mistura ótimas referências na nova canção, nomes de artistas contemporâneos  que vão do mega bombado Post Malone até a boy band de rap alternativo BROCKHAMPTON, é claro que adicionando toques de pop psicodélico. É a cara do presente e futuro da música feita jovens e para jovens.

A música marca a estreia da parceria dos meninos com o selo Tmwrk Records (Los Angeles, Califórnia) e chega anunciando também o segundo EP Knots, marcado para novembro. 

Ela Minus – dominique

Ela Minus, musicista colombiana lançou hoje o álbum de estreia acts of rebellion. 

O trabalho reflete o espírito diverso da multi-instrumentista e ex-baterista de uma banda hardcore nascida em Bogotá e que é baseada no Brooklyn. No começo da semana ela apresentou o último single antes do lançamento de Acts of Rebellion, a incrível dominique, é como um diário que mostra em completa solidão enquanto criava seu primeiro trabalho solo. Produzido e gravado por Ela, um lançamento da Domino Records.


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×