FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade

    Governo da França pagará por consertos de roupas e calçados

    A medida faz parte de movimento que busca revolucionar a indústria têxtil no país, diminuindo o desperdício de peças

    Governo da França pagará por consertos de roupas e calçados

    A medida faz parte de movimento que busca revolucionar a indústria têxtil no país, diminuindo o desperdício de peças

    POR Redação

    Em um cenário onde cada vez mais se incentiva o consumo de roupas sem necessariamente pensar qual o destino final daquela peça, o governo da França tomou o caminho contrário: ele pagará um bônus para moradores que queiram consertar peças de roupa ou calçados danificados.

    A medida passa a funcionar a partir de outubro deste ano e cobre valores diversos, de 6 a 25 euros dependendo do reparo.

    Os serviços serão financiados por um fundo de 154 milhões de euros (cerca de R$ 830 milhões) constituído a partir dos impostos pagos pelo setor têxtil e será válido pelos próximos 5 anos.

    Segundo a Global Fashion Agenda e projeções da McKinsey, a indústria da moda é hoje a segunda maior poluidora do mundo, com mais de 92 milhões de toneladas de resíduos têxteis descartados nos últimos anos e com projeção não de reduzir esse número, mas de aumentá-lo em 60%, ou mais de 140 milhões de toneladas nos próximos oito anos. Nesse sentido, a ação francesa vem para mostrar que é possível contribuir para que mudanças já ocorram.

    Leia também: Europa quer regulamentar o Fast Fashion

    A secretária de estado de Ecologia do país, Bérangère Couillard, foi quem fez o anúncio. De acordo com ela, a estimativa é de que 700 mil toneladas de roupas são jogadas fora por ano na França — desse total, cerca de 466 mil toneladas acabam em aterros sanitários. O projeto faz parte de um movimento mais amplo e já de algum tempo do governo francês, que busca reformar a indústria têxtil, contando com o apoio de organizações como a Refashion.

    Não deixe de ver
    Glossário FFW: Já ouviu falar na expressão Anti-Fashion? 
    Marca gaúcha Plano Piloto lança coleção ‘O Astronauta’
    Osklen Red Edition: conversarmos com Oskar Metsavaht sobre moda atual, sustentabilidade e futuro
    Ugly chic: o que significa?
    Timothée Chalamet estrela nova campanha cinematográfica da Chanel
    New Balance celebra Grey Days em maio
    Greta Gerwig veste Maison Margiela em Cannes e é criticada nas redes
    Uniqlo anuncia lançamento de fast fashion nos EUA
    Grupo Arezzo&Co faz evento de lançamento de novas coleções em São Paulo
    A camisa polo foi atualizada e ganha uma cara nova em 2024
    FFW