30.01.2017 / Verde / por

Cosmético artesanal: conheça Manu Araujo e sua marca vegana Sal do Beija-Flor

Cosméticos da marca artesanal Sal do Beija Flor ©Cortesia
Cosméticos da marca artesanal Sal do Beija Flor ©Cortesia

Há alguns anos, marcas brasileiras de cosméticos artesanais começam a aparecer com mais frequência. Normalmente feitas por pessoas que já têm uma certa empatia ou conhecimento pelo assunto ou pessoas que fazem uma mudança de vida – e de ritmo.

Hoje, com a possibilidade de comunicação e venda online e boas opções de feiras e bazares com ótima curadoria, também facilita para que pequenas empresas entrem no mercado, já falando com seu público alvo.

Manu Araujo é dona da Sal do Beija-Flor, marca de cosméticos artesanais conscientes. Vegetariana e praticante de yoga e meditação há 15 anos, ela viu a oportunidade de ter um negócio próprio que tem total sintonia com o que ela acredita. “Tive a benção de ter acesso aos cosméticos naturais desde os anos 90 porque morei fora do país muitos anos, e a oportunidade de fazer cursos com pessoas renomadas que realmente entendem do assunto”, diz.

Assim, Manu começou a produzir seus próprios cosméticos, com os quais presenteava os amigos até que ficou claro que ela deveria abrir sua marca. “Sinto que venho sendo preparada para entender a beleza e a profundidade da aromaterapia, que é a base da formulação da minha linha”.

Isso faz pouco mais de dois anos e hoje a Sal conta com uma linha de produtos com esfoliantes, hidratantes, óleos e desodorantes, todos naturais e feitos à mão, por preços que vão de R$ 55 a R$ 90.

Abaixo, Manu fala sobre o seu processo e os benefícios da cosmética natural.

Quando você começou sua marca?

Em novembro de 2014, ainda como hobbie sem saber que se transformaria na minha atividade principal.

E o que fazia antes?

Sou formada em pedagogia, mas em 2009 larguei meu emprego numa ONG para ir com o Sri Prem Baba para a India. Achei que seria apenas um ano sabático, mas esse período se estendeu para cinco anos . Neste tempo fiquei somente fazendo SEVA (trabalho voluntário) para ele, na Índia e no Brasil. E o Sal do Beija-Flor nasceu durante esta fase espontaneamente, sem nenhum planejamento.

O que te levou a criar a Sal do Beija flor?

No início, foi o nome que dei para o esfoliante corporal a base de sal grosso, óleos vegetais e óleos essenciais. Esse esfoliante foi criado para ajudar na minha adaptação energética quando chegava em São Paulo vindo da India. O sal é um cristal que emite ondas eletromagnéticas. Ele tem o mesmo comprimento de onda da cor violeta, capaz de neutralizar os campos eletromagnéticos negativos. Beija-Flor é o Sri Prem Baba. Depois de um tempo, senti que deveria desenvolver uma linha de produtos e, que este deveria ser o nome da marca, não mais somente do esfoliante.

Com quais ingredientes você trabalha?

Óleos e manteigas 100% naturais e veganos, óleos essenciais e hidrolatos. (n.r.: o hidrolato também é conhecido como água floral e é um produto com propriedades terapêuticas e substâncias aromáticas com pH levemente ácido, tornando o meio pouco propício ao desenvolvimento de bactérias).

Manuela Araujo, dona da Sal do Beija-Flor ©Cortesia
Manuela Araujo, dona da Sal do Beija-Flor ©Cortesia

De que forma produtos estritamente naturais causam a performance esperada?

Nutrindo as camadas da derme e epiderme. A vantagem da molécula 100% vegetal é que ela é facilmente absorvida pelo organismo, diferente da molécula mineral (derivada do petróleo), que fica estagnada na superfície, entupindo os poros e contribuindo para o acúmulo de toxinas.

Você diria que eles são menos eficientes do que os produtos convencionais?

Posso falar da minha própria experiência. Eu uso produtos 100% naturais na minha pele há muitos anos e, com 41 anos sem nunca ter colocado nada invasivo, estou bem satisfeita com seu aspecto e viçosidade. Também procuro por ingredientes naturais que não poluem e não agridem o meio ambiente.

Quais os seus três favoritos, que você super recomenda e por que?

Que difícil! Acho que o Body Scrub, o Elixir e o Face Cream. A pele fica macia, brilhante e nutrida.

Onde podemos encontrar?

Nos eventos específicos onde sempre estou, como o Mercado Manual e o Bazar da Praça, ou pelo próprio site : www.saldobeijaflor.com

Nós testamos e aprovamos: o óleo de massagem (óleo encorpado, aroma delicioso), o scrub (eficiente, a pele fica bem macia e o aroma é muito bom), o elixir (para o rosto, deixa pele limpa e luminosa) e o unguento (usado em picadas de insetos e pequenos cortes)


Relacionadas


Veja Também

Assine a Newsletter do FFW

Receba semanalmente no
seu e-mail nossos conteúdos
especiais e exclusivos

×