18.09.2019 / Design / por

Designer japonesa referência em pesquisa têxtil expõe na Japan House

A mostra NUNO -Poéticas têxteis contemporâneas mostra ao público peças criadas pela designer japonesa Reiko Sudo, da marca NUNO (palavra que significa tecido, em japonês). Sudo desenvolve linhas estéticas, materiais e técnicas, muitas vezes reinterpretando a tradição têxtil do Japão para o mundo contemporâneo.

Na exposição, com curadoria da crítica e historiadora de design Adélia Borges, e de Mayumi Ito, consultora e fundadora do projeto comunitário Amaria, são exibidos 35 diferentes tecidos feitos a partir de matérias-primas que vão de bashofu (fibra de bananeira produzida em Okinawa), a páginas de jornais, passando por washi (papel japonês), cobre, plástico, borrachas até materiais tradicionais, como algodão, seda, poliéster, lãs e feltro.

A designer Reiko Sudo / Foto: Alisson Louback
A designer Reiko Sudo / Foto: Alisson Louback

Fundado em 1984 em Tóquio, a NUNO é considerada um dos melhores laboratórios de pesquisa têxtil da atualidade com sua proposta de experimentação contínua em unir materiais, técnicas e processos para a obtenção de tecidos singulares.

Além disso, a Loja Shin, que fica na Japan House, comercializa peças selecionadas da marca NUNO, como os lenços confeccionados com os tecidos Colour Plate e Origami Pleats.

Nuno — Poéticas têxteis contemporâneas

De 20 de agosto a 27 de outubro

Japan House São Paulo (Avenida Paulista, 52)

Horário de funcionamento:

Terça-feira a Sábado: das 10h às 20h

Domingos e feriados: das 10h às 18h

Entrada gratuita


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×