Cami Talks: marcas

independentes de beleza no Brasil ganham um novo marketplace

Belong.Be acaba de ser lançado com 50 marcas pequenas e médias

Foto: Kevin Laminto para Unsplash / Reprodução
Foto: Kevin Laminto para Unsplash / Reprodução

Para quem gosta de acompanhar o cenário indie de beleza no Brasil, uma boa notícia: inaugura nesta quinta a noite um marketplace apenas para marcas independentes de cosméticos e maquiagem. É a Belong.Be, que chega ao mercado reunindo 50 marcas brasileiras que estão despontando no mercado nacional de forma independente.

Eu amo entrar num site e ficar navegando por marcas que eu não conheço, entrar em cada página, ler a história de cada uma. Não à toa, além da minha atuação aqui no FFW, eu também sou head de conteúdo do (2)collab, um marketplace também focado em empreendedores independentes, porém de moda.

Sabemos da importância que é valorizar marcas pequenas e autorais e abrir espaços para que elas possam se manter vivas e prosperar. De acordo com um estudo da Factor-Kline, o mercado de beleza indie tem crescido 40% ao ano. “A ideia surgiu ao ver o movimento das marcas independentes se acelerar (movimento este que despontou nos EUA entre 2014-2020) e a dificuldade dessas marcas tão autênticas e criativas acessarem as prateleiras dos varejistas brasileiros”, me contou Simone Sancho, fundadora da plataforma e ex-head digital da Sephora LATAM.

_

“Essas empresas nascem geralmente no ambiente digital, com forte apelo social e com propósito e storytelling muito bem definidos. Desta forma, as marcas vêm junto com um público cativo, que é comunidade influenciada”. 

_

Esses canais também são importantes para disseminar a cultura indie em todos os segmentos. No caso aqui, o consumidor entra em um espaço que já tem uma curadoria e um movimento de fomento. Simone acha que o novo consumidor já vem se habituando a comprar não somente produtos, mas a se engajar com a história. Quando a gente escolhe comprar de uma marca grande e comercial, entramos em uma zona de conforto, mas normalmente essas marcas não nos contam nada. Já com as pequenas, ocorre o contrário. Somos convidados a acordar nosso espírito desbravador – ainda não conhecemos a eficácia de seus produtos, então normalmente nos deixamos levar pelas suas histórias e origens. “Aqui oferecemos o espaço para que esse encontro aconteça e para que influenciadores de determinado nicho seja conhecido por outro nicho, sem ter que concorrer com marcas maiores e falando direto com o consumidor”, diz Simone.

Entre as marcas participantes, estão Quintal Dermocosméticos, Molecular Skincare, Santapele, Spa Deia e Renata e Deisy Perozzo, entre outras.

Simone Sancho, fundadora da plataforma Belong.Be / Foto: Cortesia
Simone Sancho, fundadora da plataforma Belong.Be / Foto: Cortesia

A Be também contou com o apoio de outras mulheres experientes, como as empresárias Amanda Coelho, consultora de marcas, e Cintia Ferreira, que passou 16 anos no banco Itau antes de migrar para a área de beleza. O grupo de investidoras é composto também pelas experts Bruna Tavares e Daniele da Mata, da marca DaMata, que são personalidades do cenário de beleza e cosméticos do país.

Elas investiram juntas R$ 3,5 milhões para colocar o marketplace no ar. A plataforma inaugura com 50 marcas e possui outras 40 no pipeline de entrada, além de um projeto de incubadora de grifes em parceria com a indústria e internacionalização.

Pra quem gosta de descobrir coisa nova, esse site é um parque de diversão, só que vem de roda gigante e carrinho de bate bate (acho que essa referência tá entregando minha idade 😂), tem áreas específicas para bem estar, auto cuidado, make, cabelos, pele e um mundo de novas marcas pra desvendar.

+ Quer dicas de marcas brasileiras de clean beauty?


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×