16.09.2020 / Gente / por

Kim Kardashian Protesta Contra o Instagram e Facebook por Lucrar Com Discursos de Ódio

kim-kardashian-protesto-facebook-ffw-2020

Kim Kardashian West criticou o Instagram e o Facebook por permitirem a “disseminação do ódio” e disse que congelaria suas contas de mídia social nas plataformas. Ela prometeu congelar sua conta pelo dia de hoje, 16.09 e postou a mensagem usando a hashtag #StopHateForProfit, que está sendo amplamente compartilhada por pessoas que criticam as empresas de mídia social. Outras celebridades como os stores como Kerry Washington, Jennifer Lawrence, Sacha Baron Cohen também postaram em apoio à campanha e pedem que o Facebook fizesse mais do que diz estar fazendo para combater esses discursos e fake news.

O movimento parece ter sido estimulado pela estreia do documentário da Netflix O Dilema Social que estreou no último final de semana.  O doc revela através de entrevistas com ex-funcionários de empresas como Facebook, Google e Twitter que as plataformas tem lucro ao dar visibilidades para conteúdos de ódio e posts com informações falsas e imprecisas e que elas tiveram um sério impacto em eleições pelo mundo e podem minar nossa democracia.

Kim usou o Twitter para comunicar sua decisão. “Adoro poder me conectar diretamente com você através do Instagram e do Facebook, mas não posso sentar e ficar em silêncio enquanto essas plataformas continuam a permitir a disseminação de ódio, propaganda e desinformação – criados por grupos para semear divisão e dividir a América – apenas para tomar medidas depois que as pessoas são mortas ”, diz o tweet.

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×