Peter Dundas veste Beyoncé no Grammy e anuncia marca homônima

©Reprodução
©Reprodução

O affair entre Peter Dundas e Beyoncé não é de hoje. Ele criou o figurino de duas tournées da cantora, The Mrs. Carter Show e, a mais recente, Formation; no comando da Emilio Pucci, desenhou o longo preto e dourado que ela vestiu no baile do Met, em 2011; foi ele também quem fez o exuberante vestido amarelo, todo plissado, do vídeo Lemonade, durante seu período como diretor criativo da Roberto Cavalli. Faz todo sentido, então, que Beyoncé tenha sido a primeira mulher a vestir as peças da marca homônima de Dundas (ou que o norueguês tenha sido o escolhido para criar os looks da primeira aparição pública da cantora desde que ficou grávida de gêmeos – de quebra, em uma de suas apresentações televisionadas mais ambiciosas).

O estilista, que deixou a Cavalli em outubro de 2016, anunciou o lançamento de sua própria marca na noite de ontem, via Instagram, enquanto Beyoncé se apresentava na cerimônia do Grammy. Postou os croquis das roupas que a cantora usou. Para cruzar o tapete vermelho, um longo de paetês vermelhos; para a after-party no hotel Sunset Tower, um vestido branco com aplicações em dourado e um decote profundo; para a performance de 9 minutos – com direito a 24 dançarinas, flores espalhadas no palco, citação de um poema da somaliana Warsan Shire e ainda interação entre a Beyoncé de carne osso com sua versão em holograma -, Queen B. incorporou uma espécie de deusa da fertilidade, adornada com suntuosos acessórios estilizados e exibindo sua barriga grávida num conjunto dourado que, em seguida, foi coberto por um vestido todo bordado também em dourado. E pregou: “se vamos ser curados, que seja glorioso”.

©Reprodução
©Reprodução

O vestido, bordado por 50 pessoas no período de uma semana, foi concebido a partir de referências variadas como o trabalho de Gustav Klimt, os motivos Art Deco do artista Erté e, claro, a letra de Love Drought, música que abriu o medley da cantora no Grammy. “Eu e Beyoncé temos um longo relacionamento de trabalho. Ela sabia que eu ia desenhar sozinho e gostou de ser a primeira a vestir minha nova coleção. Além disso, nós dois amamos amarelo!”, contou o estilista à Vogue.

Ainda não se sabe quando será lançada uma coleção completa da marca Peter Dundas, mas já é certo que os designs glamorosos do estilista, apropriadíssimos para red carpets, continuarão a vestir os nomes mais célebres da cultura pop.

 

 


Relacionadas


Veja Também

Assine a newsletter do FFW

Seja o primeiro a ter acesso a conteúdos exclusivos. Nós chegaremos ao seu email semanalmente quando tivermos algo realmente cool e relevante para dividir.

×