FFW
newsletter
RECEBA NOSSO CONTEÚDO DIRETO NO SEU EMAIL

    Não, obrigado
    Aceitando você concorda com os termos de uso e nossa política de privacidade

    Strawberry makeup e a busca incessante por novas expressões – para designar coisas que já conhecemos

    O sufixo core perde a força, mas há uma nova fórmula para definir as micro tendências.

    Strawberry makeup e a busca incessante por novas expressões – para designar coisas que já conhecemos

    O sufixo core perde a força, mas há uma nova fórmula para definir as micro tendências.

    POR Laura Budin

    Há duas semanas, Hailey Bieber, modelo e dona da marca Rhode skin, decretou o início do que ela chama de “strawberry girl summer’’. Essa não é a primeira vez que a influencer torna trendy técnicas de beleza com nomes comerciais provocando uma onda de reproduções em série nas redes sociais. Hailey já foi responsável pela repercussão de diversas tendências como as Glazed Donut Nails e a Glazed Donut Skin, duas táticas para atingir unhas cintilantes e uma pele viçosa. A influencer também foi responsável pelo boom do corte bob no início do ano e diversas outras temáticas com o intuito de criar estéticas e trends. Um ponto em comum a todas elas: algo que já vimos num passado recente rebatizados com um novo nome descolado.

    Leia também: Nostalgia coletiva: por que estamos revivendo coisas tão recentes?

    A mais recente, “strawberry girl makeup”, promove, por meio de bases fluídas, hidratantes com cor e blush, uma maquiagem natural e ideal para o verão. O grande twist da tendência não é propriamente novo: é o posicionamento do blush, aplicado em regiões onde naturalmente o sol atingiria – como centro do nariz e bochechas –, ou seja, independente da temperatura, a pele parece levemente queimada.

    Mas por que um visual tão simples se tornou viral? A grande aposta está na nomenclatura. As redes sociais, principalmente o Tik Tok, foram alimentadas por um bom tempo por aquilo que chamamos de core, estéticas de moda e beleza – várias delas inspiradas por subculturas – que podem ser facilmente reproduzidas e que te tornam parte de um grupo. Exemplos disso, nas últimas temporadas, foram o Cottagecore – hashtag com mais de 15 bilhões de reproduções no aplicativo – assim como outras estéticas como o Gorpcore, Balletcore e Normcore.

    O excesso de cores em um curto espaço de tempo saturou gerando uma rejeição, mas o só deu origem à busca incessante por novas expressões – se observarmos, girl vem ganhando esse lugar, ao arrematar um comportamento ou escolha. No último mês um áudio viral reproduzia a frase ‘’girl dinner’’, onde os usuários recriavam suas versões de comidas rápidas e fáceis para o jantar – que logo virou sinônimo para a criação de memes e conteúdos virais em torno do áudio.

    A palavra girl tornou-se tão repetida no Tik Tok que se iguala ao que chamamos de cultura pop atualmente. Ou seja, a popularidade e a aclamação de tendências de moda, beleza e comportamento chegam por meio de estereótipos e definições do quê é ser uma garota. Dessa forma, a própria nomenclatura é o que dita o quão viral aquilo será, transformando o ordinário em algo especial e com cara de novidade, resquícios da pandemia, onde rotinas vinham da repetição do mundano e do prazer pelas coisas simples e atingíveis dentro do ambiente do seu próprio quarto. Assim, até existir enquanto garota torna-se algo extraordinário – e principalmente, passível de comercialização.

    Em resumo, tendências como latte makeup, glazed donut e strawberry makeup são apenas nomes extravagantes para técnicas que já eram feitas – mas que fora das redes sociais ainda eram consideradas banais ou de conhecimento de apenas alguns grupos ou subculturas. A associação de potenciais nomes e influencers potencializa o alcance tornando a tendência ainda mais desejada pelo público, ou seja, Hailey Bieber, como um dos maiores nomes atualmente, apenas ressuscitou e propagou e aquilo que já era usual colocando em uma bela embalagem para a nova geração. A strawberry makeup ou o strawberry girl summer fazem parte de apenas mais uma das tentativas de glamourizar e comercializar a rotina, ou, no mínimo, adicionar uma alta dose de desejo 2.0 a alguns processos que já conhecemos.

    Não deixe de ver
    Jisoo e Paul Mescal na nova campanha da Cartier, a coleção da Supreme com a Maison Margiela e muito mais
    Zendaya aparece loira na press tour de seu novo filme
    Brasil na final de concurso de moda da Shein, Riachuelo como a marca oficial do Lollapalooza 24, a primeira linha de maquiagem da Celine e muito mais
    Willow Smith é a nova embaixadora da Dior Makeup
    Oscar 2024: os penteados mais vistos no red carpet
    Barry Keoghan na nova campanha da Burberry, o lançamento do perfume de Kylie Jenner, a linha capilar da Zara e muito mais
    Rihanna e A$AP Rocky estrelam short film juntos
    Dua Lipa é a nova embaixadora global da YSL Beauty
    A chegada da marca de cosméticos de Beyoncé ao Brasil, a collab da Jacquemus com a Nike, a nova coleção da New Saint e muito mais
    Quanto vai custar a linha para cabelo de Beyoncé que chega ao Brasil